filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

sábado, 28 de julho de 2018

O Homem-Formiga e a Vespa, grande lançamento de super-heróis dos gêneros ação, aventura, comédia, fantasia e ficção-cientifica das férias do meio do ano dos Studios Marvel

Bom dia meus amigos, hoje tenho uma nova crítica sobre um dos lançamentos de super-heróis recentes da Marvel Studios dos gêneros ação, aventura, comédia, fantasia e ficção-cientifica, e que é um dos entretenimentos para as férias do meio do ano de 2018, e posso dizer que esse ano já teve 3 lançamentos do estúdio da Marvel nos cinemas, o primeiro deles foi o filme do Pantera-Negra, em seguida tivemos Os Vingadores: A Guerra Infinita e agora temos o novo filme do Homem-Formiga, mas desta o terceiro filme do catalogo desse ano foi para o estilo dos gêneros da sessão da tarde que é uma comédia com ação, aventura e ficção-cientifica e também é um filme em clima de férias do meio do ano para entreter muito público.
A nova aventura da Marvel se centra no filme na nova aventura do Homem-Formiga que acontece após os acontecimentos os acontecimentos do filme Capitão-América: Guerra-Civil e vemos o protagonista lidando com a sua nova condição após ajudar o Capitão-América na luta contra os outros Vingadores, e com isso ele é posto em prisão domiciliar, assim como outros filmes da Marvel, O Homem-Formiga e a Vespa centra-se como mencionei um filme mais voltado para entreter o público mais jovem, e ainda a alma do filme é o protagonista da história que para mim é o melhor lado da história porque além de ser um super-herói, ele também é um pai de família divorciado e um sujeito bastante brincalhão, atrapalhado, irresponsável e um pouco infantil, mas como eu posso dizer às vezes em um filme de super-herói precisa de um protagonista meio brincalhão e irresponsável.
No começo da história somos apresentados ao Homem-Formiga e a Vespa originais, onde são apresentados como pessoas comuns com uma família perfeita só que eles não têm vidas comuns e são tipo super-heróis a serviço da agencia do governo americano, e podemos ver no flashback qual vai ser a história central do filme, mas não vou contar porque vocês precisam descobrir sozinhos, e até porque perderia a graça, correto?
O logo no seu início começa mesmo como um filme de sessão da tarde onde encontramos o protagonista vivendo a sua rotina em prisão domiciliar pelo FBI e posso dizer que o filme usou bastante elementos do primeiro filme do personagem, porque vejam só a história do filme é conectada com o universo Marvel, mas o que aprendemos nesses anos sobre os universos de super-heróis é que mesmo conectados os mesmos têm características e essências diferentes como podemos ver nos primeiros filmes da Marvel começando com Homem de Ferro que era voltado para ficção-cientifica, e em seguida veio Capitão-América que teve uma abordagem voltada para filmes de época (claro que é o primeiro filme) e nos seguintes foram voltados para os dias atuais com uma dinâmica diferente, depois em seguida tivemos Thor na qual foi o primeiro personagem a nos apresentar ao lado místico do mundo da Marvel, e com esse primeiro pontapé tivemos o primeiro Vingadores que foi um dos maiores sucessos de 2012, e assim o mesmo abriu portas para a expansão do universo que hoje é uma das maiores franquias de grandes bilheterias, e após esse sucesso tivemos um pouco de outros filmes solos dos heróis para também mostrar uma essência de cada um, mas os conectando com os acontecimentos de cada, porque uma das características que eu percebo nos filmes da Marvel é que os mesmos apesar terem suas dinâmicas e suas essências os mesmos são conectados através das suas histórias, personagens importantes e não é a toa que os acontecimentos do segundo Vingadores foi um dos pontapés para a trama Capitão-América: Guerra-Civíl, mas também tivemos a apresentação de outros personagens do universo Marvel como é o caso do Homem-Formiga cujo o filme solo foi lançado em 2015, mas o que o podemos observar que cada filme dessa franquia gigantestica corresponde à linha do tempo desse universo, e que é uma coisa impressionante, e assim os acontecimentos do terceiro do Capitão-América foram responsáveis para as futuras tramas de outros filmes. como o caso do filme do Homem-Aranha e do Pantera-Negra cujo o primeiro foi lançado ano passado e o segundo lançado no começo desse ano e que mesmo conectados com o universo da Marvel, teve sua própria essência e estilo, mas também outros que não estavam conectados com os acontecimentos do filme mencionado acima, mas que tiveram papel fundamental na franquia como é o caso do Doutor Estranho e que o mesmo apresentou mais sobre o mundo sobrenatural e o misticismo como se tivesse feito uma evolução, e para, além disso, alguns dos heróis não estavam presentes nos acontecimentos de Guerra Infinita como é o caso do Homem-Formiga que vai detalhado mais a frente, mas não tão explicito, porque eu não vou dar spooler.
A segunda aventura solo do herói é dirigida pelo mesmo diretor da primeira que é o americano Peyton Reed que é conhecido por dirigir filmes de comédia como é o caso de um dos filmes da franquia Apimentadas, mas também em comédias de ficção-científica como é o caso O Computador do Tênis, mas também o diretor têm em seu currículo comédias românticas, mas isso não impediu do mesmo trabalhar a Marvel Studios, e com isso dirigiu o primeiro filme do Homem-Formiga e assim como seu antecessor de 3 anos atrás, ele não perde o seu talento no que faz, e repete a mesma formula do seu filme anterior, mas com algumas adições como é o caso do roteiro cujo o único roteirista do original é o mesmo que estrela como o personagem título e as novas adições na equipe dos roteiristas são Gabriel Ferrari, Chris Mckenna (roteirista do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar) e Andrew Barrer, o que posso dizer é que alguns membros novos da equipe de roteiristas o filme é o primeiro sucesso e alguns é mais na lista deles; Além disso, o filme têm adição de novos personagens interpretados pelas estrelas como Laurence Fishburne, Walton Goggins, Michelle Pfeiffer, Randall Park, Hannah John-Kamen e Joshua mikel, e o filme têm participação dos contribuidores do filme anterior.
Após o começo do filme com um flashback e uma rotina repentina, logo já nos dirigimos para ação onde em um momento totalmente normal da sua casa, o protagonista se vê obrigado a embarcar em uma aventura com seus antigos colaboradores anteriores após uma espécie de contato imediato, e posso dizer que o reencontro com seus antigos sócios não foi uma coisa como posso dizer boa, mas chamaram-no para a ação mais vez e com isso a temática do novo filme serviu como uma espécie de aventura familiar, o filme em si como apresentei anteriormente nos parágrafos anteriores ele apresenta a mesma dinâmica do filme anterior, mas com umas adições novas na história como é o caso de uma personagem para lá de imbatível que está associada a uma das agências do universo Marvel que é a Shield, um dos acertos da nova produção porque é a vilã da história chamada Fantasma o espectador tinha as suas dúvidas com em relação à personagem, mas com o tempo vamos descobrindo sobre a origem, o seu passado com a shield, e porque ela quer o equipamento da equipe do Homem-Formiga, eu posso dizer que a personagem é má não de um jeito que estamos acostumados a ver os vilões de outras produções, eu posso dizer que ela é uma pessoa que sofreu e está em grave perigo, mas não vou contar o resto porque vocês precisam saber pela conta de vocês.
Os momentos de ação e adrenalina do filme foram acompanhados junto com os momentos cômicos e ainda tivemos referências de personagens da cultura pop, e ainda tivemos uma referência de clássico de ficção-cientifica, mas combinada com a dinâmica de um filme de família que o filme carrega, claro que nem todos os filmes de super-heróis precisam darks, realistas, melancólicos ou até violentos, claro que não podemos querer um filme igual um desenho animado que víamos quando éramos crianças, mas também ter um filme de super-herói que pode mostrar o lado cômico da história, e digo isso porque ano passado um dos maiores sucessos da Marvel que foi focada nos momentos de ação e lado da comédia foi O Homem-Aranha: De Volta ao Lar que foi uma combinação do universo da Marvel com o mundo adolescente do ensino médio e que também funcionou como um clássico da sessão da tarde, o que estou querendo dizer que se o mundo dos filmes ficar só desse jeito dark que mencionei acima, qual vai ser a graça da história do filme, porque na vida precisamos de um pouco de humor porque a vida já é difícil e complicada pra caramba, ainda precisamos de uma luz ou lado cômico para deixar as coisas no equilíbrio perfeito, e nessas férias de julho somos apresentados ao novo filme da Marvel que diferente dos seus antecessores desse ano como Pantera-Negra e Vingadores: Guerra Infinita, o filme traz o melhor lado da comédia desse universo heroico, e sem falar que nenhum dos eventos relacionados ao seu segundo antecessor mencionado acima foi relacionado até o final do filme, aqui o centro da história é a nova aventura do Homem-Formiga e a sua parceira Vespa.
O lado positivo da história do filme nos mostra o herói ajudando os seus antigos sócios a resgatar um membro da família deles que está perdido no reino quântico e posso dizer que essa pessoa é a mesma pessoa que foi mostrada no flashback do filme que serviu como epilogo para a nova aventura, e posso dizer que quem domina as cenas de ação e luta contra os criminosos é a vespa que em minha opinião foi a melhor que entrou em ação do filme inteiro e também o protagonista da história O Homem-Formiga estava como dizer incapacitado, porém o mesmo guardou um segredo que escondeu do governo americano após os acontecimentos de Guerra-Civil, porém tivemos a menção de só um herói do grupo dos Vingadores que é o Capitão-América, mas nenhum dos outros heróis apareceu no filme, mas voltando as cenas de ação foram excelentes com uma ótima fotografia acompanhada com os efeitos especiais, o que posso dizer é que eles aproveitaram vários elementos da primeira aventura solo do herói como elenco, os efeitos especiais, mas com umas adições interessantes na trama, e que envolveu a menção de uma organização conhecida como Shield que apareceu nos primeiros filmes e não foi mais mencionada nos filmes posteriores da Marvel, mas a sua menção têm um papel importante na história de novos personagens da história do herói, assim como a sua introdução em relação à trama do filme.
Além disso, tivemos mais referências na história do Homem-Formiga como a marca famosa de carrinhos de brinquedos conhecidas como Hot Wheels em que várias cenas do filme os mesmos carrinhos apareciam nas cenas de ação combinadas com os elementos da ficção-cientifica, e ainda tivemos cenas das formigas gigantes que apareciam como personagens de apoio para ajudar os personagens no meio da história e ainda no filme tivemos a participação do famoso criador da Marvel, Stan Lee que sempre apareceu em vários filmes da Marvel como participações especiais na história, mas sempre bom ter o criador nas adaptações das suas histórias até porque ajudar a criar o elo forte entre criador e criação, e ainda em um dos momentos cômicos do filme está na cena em que ele e Vespa vão à escola da sua filha pegar um objeto importante para a missão deles, mas essa mesma cena serviu também para aumentar ainda mais o lado da comédia do filme, o que contribuiu bastante para o mesmo na estreia, porque é um filme que atrai todos os públicos, e também porque expande o universo cinematográfico dos heróis da Marvel, porque não podemos ficar sempre nos mesmos, e é isso que a Marvel têm acertado em todos os esses anos nas bilheterias dos cinemas porque além de expandir os outros horizontes ela também procurar dar uma identidade própria para as suas produções mesmo que elas sejam do mesmo universo, porque no caso uma franquia cinematográfica é como uma família e cada filme dessa mesma franquia é um integrante de uma família onde cada um têm a sua personalidade, ou seja, o que estou querendo dizer que apesar do filme Homem-Formiga e a Vespa fazer parte do mesmo universo, ele têm característica própria assim como seus antecessores que eu mencionei acima, e é uma ideia que muitas franquias vão crescendo, mas vão se modificando no decorrer das suas sequências, e é isso que mencionei anteriormente acima nos primeiros parágrafos da minha crítica sobre o filme.
Além disso, o filme não é só um filme de super-herói como também é um filme que valoriza os seus personagens, a sua trama, e torna ela bastante comovente assim como atrai o público com as pitadas de diversão e humor, mas também estamos falando de um filme da Marvel, porque como mencionei anteriormente nas minhas críticas anteriores eles procuram sempre encaixar a trama para o espectador não ficar perdido, além disso, as cenas de luta combinadas com as cenas de comédia foram excelentes, e também que brilha na produção do filme inteiro é o protagonista da história da história, o próprio Homem-Formiga que sem falar que o mesmo ator tem talento para a comédia, e ainda o que mais impressionou no filme todo foi à caça à tecnologia do Homem-Formiga original, e que ainda na adição do elenco tivemos a participação de uma atriz famosa que já fez muitos papéis no cinema, mas o filme em si representou o lado cômico do Homem-Formiga, a única coisa que ficou ausente no novo filme foi o que aconteceu com o vilão do filme anterior e ele nem sequer foi mencionado ou até apareceu em um flashback, mas o lado bom da história do filme é que a mesma preferiu investir mais nos novos elementos, mas com uma reciclagem dos elementos do filme anterior e ainda com a participação dos eventos dos filmes do universo Marvel.
E ainda o filme serviu como uma comédia porque o protagonista tinha que ajudar os seus velhos amigos, assim como precisava voltar para a casa antes que o FBI descobrisse que ele fugiu, a forma como a história seguiu lembrou daqueles velhos filmes de comédia ou até episódios de desenhos animados onde um protagonista ou uma protagonista da história não podiam sair dos seus quartos porque estavam de castigo, mas fugiram mesmo assim e para não serem descobertos pelos seus pais tinham que arranjar uma maneira de conseguir chegar aos seus lares antes de serem descobertos para não se encrencarem, os momentos da trama fez referência ao clássico de sessão da tarde John Hughes de 1986, mas, porém é um filme de super-herói onde o protagonista que é um herói que está com problemas com a lei, mas que vai entrar em ação para ajudar os seus amigos, mas a referência nunca deixa de estar presente no filme.
E ainda o filme ainda teve a participação de um famoso ator que fez participações de filmes de super-heróis, que se mostrou um duas caras, mas segundas intenções boas para ajudar uma pessoa que estava com problemas e que ignorada pela antiga organização que foi mencionada cima, e ainda o filme contou com momentos bastante cômicos até pela parte da equipe de trabalho onde as melhores cenas de comédia foram por partes deles, e ainda envolveu cena cômica com o bando de bandidos que estava atrás da mesma tecnologia para vender no mercado negro, e também na mesma cena podemos ver a entrada engraçada da vilã da história onde envolveu também a menção de uma lenda mexicana assustadora, mas que foi engraçado foi, e para falar a verdade os momentos do meio para o final envolveram muitas cenas de ação, comédia e até mais uma referência que é ao filme clássico A Viagem Fantástica, e ainda nos momentos nas cenas finais do filme foi de tirar o fôlego onde envolveu muitas cenas engraçadas, e posso dizer que o Homem-Formiga é o lado cômico do universo Marvel, e sua parceria com a Vespa é uma das melhores do filme, porque além traz consigo uma amizade colorida bonita, mas também o filme têm como elemento central a relação do herói da história com a sua filha que também um dos elementos fundamentais do filme, assim como também traz uma definição do filme como um filme de sessão da tarde e um filme de família, ao mesmo tempo e as cenas dos cenários do mundo quântico mesmo aparecendo pouquíssimo o mesmo trouxe aqueles momentos de tensão, de esperança e suspense para história e ainda a criação dos efeitos especiais desse cenário é realmente excelente. E o filme teve um final feliz para todos e ao mesmo tempo satisfatório.
Além disso, houve muitas cenas de ação e de efeitos especiais de tirar o fôlego, e ainda as melhores cenas do filme foram à viagem do mundo quântico onde os efeitos visuais ficaram impressionantes que fez uma grande forte referência ao clássico A Viagem Fantástica, ou seja, o novo filme do Homem-Formiga funcionou como um filme de super-herói voltado para uma aventura familiar, e, além disso, o filme não perde tempo nos momentos de diversão até porque em vários momentos o filme fez resgate aos velhos tempos de quando éramos pequenos, e o filme em si também representa o que falei anteriormente sobre o mundo dos super-heróis não ter aquela dinâmica totalmente realista e sombria, e que foi muito criticada nas ultimas produções do gênero, além disso, uma das melhores coisas que apareceu no filme também foi uma espécie de veiculo quântico de tirar o fôlego, e ainda as melhores partes do filme estão nas partes onde efeito especial do efeito do encolhimento das coisas foi bem feito e detalhado, e ainda o filme teve uma cena engraçada envolvendo os carros de encolhimento, que foi bem engraçada, e uma das coisas que fez presente no filme também foi relacionamento forte com a sua filha, na qual é a pessoa mais importante na sua vida, e que está passando por esse problema com FBI para não ficar longe da sua família, e como falei anteriormente o filme é uma história de família, além disso o filme têm como uma das melhores cenas é a parte da baia onde a maior parte da ação final do filme acontece.
O filme é dirigido pelo diretor americano Peyton Reed com o roteiro escrito por Gabriel Ferrari, Chris Mckenna (roteirista do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar) e Andrew Barrer, no elenco do filme estão: Paul Rudd, Evangeline Lilly, Michael Douglas, Michael Peña, T.I., David Dastmalchian, Judy Greer, Abby Ryder Fortson ,Bobby Cannavale, Joshua Mikel, Laurence Fishburne, Randall Park, Walton Goggins, Michelle Pfeiffer e Hannah John-Kamen.
Vejam a nota do filme abaixo:
Nota:8,7/10,0
Ant-Man and the Wasp Movie Poster
E suas imagens abaixo:
Resultado de imagem para ant-man and the wasp posters
Resultado de imagem para Ant-Man and the Wasp 2018 posters
Extra Large Movie Poster Image for Ant-Man and the Wasp (#2 of 18)
Extra Large Movie Poster Image for Ant-Man and the Wasp (#12 of 18)
Extra Large Movie Poster Image for Ant-Man and the Wasp (#11 of 18)

Extra Large Movie Poster Image for Ant-Man and the Wasp (#13 of 18)
Extra Large Movie Poster Image for Ant-Man and the Wasp (#18 of 18)
Resultado de imagem para ant-man and the wasp posters
Imagem relacionada
"Ant-Man & The Wasp" poster
"Ant-Man & The Wasp" poster
"Ant-Man & The Wasp" poster
Ant-Man & the Wasp
Resultado de imagem para ant-man and the wasp posters
Resultado de imagem para ant-man and the wasp posters
Resultado de imagem para ant-man and the wasp 2018 posters
Resultado de imagem para ant-man and the wasp 2018 posters

E ainda o final do filme deu uma presença dos acontecimentos do filme Guerra Infinita, e esses mesmos acontecimentos fizeram o protagonista está em sérios problemas e dos grandes, mas não vou contar porque eu não quero estragar a surpresa de vocês, e, além disso, o próximo filme da Marvel Studios é o Vingadores 4 que explorar a trama após os acontecimentos de Guerra Infinita, e o filme vai demorar para chegar porque ele vai estrear na sexta-feira, dia 3 de maio de 2019 nos Estados Unidos.
Resultado de imagem para Vingadores 4
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário