filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

domingo, 21 de maio de 2017

Fragmentado, lançamento de sucesso do ano de 2017 dos gêneros mistério, suspense e terror da Universal sobre uma história de terror psicológico de tirar o fôlego!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova crítica para vocês do novo filme da Universal que conquistou o público, nos tópicos da direção, roteiro e produção, e ainda a produção traz um elenco promissor e talentoso de tirar o fôlego, e ainda traz uma história arrepiante que traz á temática do terror psicológico e ainda traz a mente criativa por trás desse grande sucesso do ano de 2017 da Universal, e eu convido vocês para desfrutarem da crítica do sucesso Fragmentado.
Antes de tudo, uma das coisas que eu quero falar para vocês sobre o filme, é que a mente criativa e criador da ideia é o famoso diretor indiano M. Night Shyamalan, que é conhecido como diretor dos filmes de mistério, suspense e terror como O Sexto Sentido (1999), Sinais (2002), A Vila (2004) e no recente a Visita (2015), e ainda o filme têm a produção de um dos produtores dos gêneros do mistério, suspense e terror, Jason Blum (das franquias Atividade Paranormal, Sobrenatural, A Entidade e Uma Noite de Crime) e também trabalhou como produtor no filme A Visita, ou seja, Fragmentado é a segunda parceria entre M. Night Shyamalan e Jason Blum, e quando forem assistir ao filme verão que a parceria dos dois resulta em um resultado de tirar o fôlego.
E também o filme trabalha com muita precisão na temática que é abordada em todo filme que é a mente humana e o comportamento que o ser humano carrega consigo desde o nascimento, porque a história criada pelo cineasta M. Night. Shyamalan que durante todo filme consegue trabalhar com a temática mencionada acima, e ele também o filme todo com dois personagens acima que são o sequestrador e uma das vítimas das vítimas que ele sequestrou o que tornar a trama do filme bastante interessante é a forma como ela é trabalhada com muita precisão e dedicação.
O Título do filme nos remete a característica do antagonista principal do filme, a palavra fragmentado quer dizer uma coisa repartida ou dividida em varias parte que no caso da história do filme, nos traz um individuo que possui uma doença rara, ou melhor, um distúrbio de personalidades que aos poucos vamos descobrindo suas origens com o seu passado e com uma personagem principal do filme que vai ter uma ligação bem próxima com ele no caso de questões comportamentais e sociais, uma das coisas mais inteligentes da produção é conecta ambos os personagens com o lado emocional que aconteceu no passado de cada um, que é no caso desse rapaz e de uma das adolescentes, em que isso vai se tornar a chave principal para o mistério que rodeia o filme com relação ao rapaz misterioso.
O filme também faz uma grande homenagem a um dos clássicos assassinos com deficiência mental e de social dos gêneros do mistério, suspense e terror cujo primeiro filme foi lançado no ano de 1960 e que se tornou um dos cultuados dos gêneros dos dias de hoje, depois se tornou uma franquia cinematográfica e ganhou uma serie de televisão, vocês sabem quem estou falando? Não, Norman Bates é o personagem principal da clássica franquia cinematográfica Psicose, que é uma das inspirações para a história do filme Fragmentado, mas ideia do diretor M. Night Shyamalan é dar um toque inovação através da inspiração de um dos clássicos do gênero, mas também combinado com a sua experiência nos gêneros não é a toa que o filme se tornou um dos sucessos gêneros, e ainda usando como a temática o comportamento interior do ser humano em pessoa, porque como todos sabem nós seres humanos somos capazes de fazer várias coisas como fazer o bem ou até o mal como no caso de matar, mas também não são todos que são desse jeito e o filme nos da uma mensagem como o ser humano possui suas deficiências e seus problemas psicológicos através de um trauma que sofreu na sua vida, e assim o filme faz uma dualidade de dois personagens ganham destaque na trama em todos os sentidos.
O diretor em si foi bastante inteligente de colocar uma dualidade de dois personagens que ganharam grande destaque no filme que vou explicar para vocês com grandes detalhes, para começar os dois personagens que ganham uma importância no filme são uma das vítimas com um passado bem misterioso e o sequestrador que no decorrer do filme vão criando um uma espécie de ligação, mas isso vai se construindo no decorrer do filme, porque uma das coisas que o diretor sabe trabalhar é no momento do terror psicológico na qual já vimos em seus filmes anteriores mencionados acima como O Sexto Sentido, Sinais, A Vila e A Visita, e também o roteiro do filme ajuda no desenvolvimento da trama, porque também foi escrito pelo próprio diretor, e nessa dinâmica em todo filme uma das meninas também têm seu passado um pouco revelado, que assim como do sequestrador as peças do quebra-cabeça, uma forma bastante inteligente de construir o mistério da história, e resolvendo ele a cada passo que vai sendo desvendado, que dizer o gênero terror no filme está voltado para a mente humana no sentido de assassinos psicopatas, lembram-se da inspiração do clássico Psicose dirigido pelo famoso diretor britânico Alfred Hitchcock, mas quando é inspiração não é remake não, meus caros amigos, aqui é uma ideia nova, trabalhada com muita dedicação e precisão em todos os sentidos.
E ainda falando sobre o antagonista vamos descobrindo no contexto da história que ele possui 23 personalidades diferentes, mas que apenas 3 delas tiveram grande destaque na trama, mas no decorrer do filme vamos descobrindo que ele possui uma 24° personalidade chamada “a besta”, o tom de suspense incorporado com os mistérios que rodeiam sobre a respeito do sequestrador torna uma dos ingredientes que tornam a trama tão chamativa e construída em todos os sentidos, porque explicado para vocês o filme explorou os dois lados da moeda que a vítima do sequestro e o sequestrador, porque o filme também trouxe uma protagonista bastante quieta no começo da trama, ou seja, ela é a aquela que nunca se relaciona com as pessoas, vive sempre quieta, mas vive arrumando problemas, e têm problemas de se relacionar com as pessoas, a psicologia se torna uma das palavras chaves do filme, porque liga ambos o sequestrador e a vítima, o que constrói uma boa narrativa do filme que vai contando a história de cada um dos dois nos flashbacks que foram mostrados em cada cena do filme, e são nesses mesmos flashbacks que vamos conhecer esses dois personagens que ganham destaque na trama em todos os sentidos.
Outra personagem que merece destaque na trama é psicóloga do rapaz que têm consciência do problema do rapaz, e começa a perceber de alguma maneira que alguma coisa está errada, outro exemplo clássico do terror que o filme traz é a franquia Halloween, cujo psicólogo do assassino Michael Myers que era um dos protagonistas da história, mas aqui o terror é trabalhado uma forma mais conectada com o clima de suspense do primeiro Psicose e têm até poucos elementos do filme Halloween, mas ambos têm uma característica marcante que têm em comum com o filme Fragmentado, mas o caso trabalhado aqui é de inspiração do filme Psicose, de cima para baixo, e no final do filme vamos entender o porquê, e o resultado é surpreendente, e que traz uma dinâmica para lá de sobrenatural, existem momentos de dar muito medo.
E ainda a produção fica por conta do famoso Jason Blum que é conhecido nos gêneros do mistério, suspense e terror, como criador da franquia cinematográfica Atividade Paranormal, e com o tempo popularidade foi ganhando destaque em outras franquias cinematográficas dos gêneros como Sobrenatural, A Entidade e Uma Noite de Crime, e já trabalhou ao lado de cineastas famosos nas produções mencionadas acima, e ainda o filme A Visita teve a produção do mesmo, e posso dizer que os elementos de mistério, suspense e terror do cineasta M. Night. Shyamalan combinados com os de Jason Blum deu um grande resultado em Fragmentado assim como no filme A Visita, e ainda a trilha sonora deu um grande toque de medo no ambiente em todos os sentidos.
E ainda a natureza por traz das múltiplas personalidades do rapaz é ainda mais assustadora, no final do filme, e nós descobrimos porque razão ele sequestrou as meninas, e o que ele queria com elas, e uma das partes deixou uma pista escapar com relação ao passado do rapaz chamado Kevin, e a verdade por trás do seu problema é uma coisa relacionada com sua infância, mas ambos esse rapaz e a jovem que começa aos poucos perceber o problema dele possuem algo em comum com relação a eles mesmos, ou seja, o filme não deixa uma ponta solta com relação ao assunto e explica de tudo de forma sem deixar nada passar em branco e ainda por cima o filme faz uma grande homenagem ao clássico Psicose, e os momentos do jogo gato e rato foram bastante intensas de tirar o fôlego, e descobrimos o passado de uma das meninas uma coisa que a afetou emocionalmente, como mencionado anteriormente a palavra psicologia é grande palavra chave em todo filme, que é muito bem elaborado e construído, para o espectador ter uma ideia de como a história se fundamenta nisso tudo, e ainda o final fica em aberto mostrando que vai ter uma continuação.
O filme foi dirigido por M. Night Shyamalan, com o roteiro escrito pelo próprio M. Night Shyamalan, no elenco do filme estão: James McAvoy (da franquia X-Men e do Victor Frankenstein), Anya Taylor-Joy (dos filmes A Bruxa e Morgan), Jessica Sula (da serie Skins UK), Haley Lu Richardson, Betty Buckley (do filme Carrie – A Estranha), Brad William Henke (dos filmes Círculo de Fogo e Corações de Ferro) e entre outros que participaram da produção.
Vejam a nota do filme abaixo:
Avaliação do filme:
Nota:8,2/10,0
Resultado de imagem para Split 2016 posters
E suas imagens:
Resultado de imagem para Split 2016 posters
Resultado de imagem para Split 2016 posters
Resultado de imagem para Split 2016 posters
Resultado de imagem para Fragmentado
Resultado de imagem para Fragmentado
Resultado de imagem para Split 2017 posters
O segundo filme já está começando a ganhar formato,  e ela será mais ambiciosa e terá um orçamento maior que o primeiro filme, espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário