filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

quarta-feira, 29 de março de 2017

Retorno da famosa serie vampírica do canal The CW, que nos traz um 4° ano recheado com muitas intrigas entre vampiros, lobisomens, híbridos e bruxas na cidade de Nova Orleans em novo estilo, e ainda traz o retorno de uma das famílias sobrenaturais mais famosas da televisão americana, que são The Originals!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova notícia para vocês que é um lançamento que ao mesmo tempo é o retorno de temporada mais esperado, que é de uma das series de vampiros mais famosas que superou até sua serie principal em qualidade, história, personagens e ainda mostrou protagonistas com mais energia, mais darks e adultos, que é uma família de vampiros que ficaram muito famosos, e são eles os Mikaelsons, que são considerados por mim A Família Addams da modernidade ou até a família Monster da modernidade, ou até a família Collins da modernidade.
As famílias mencionadas acima que são as famílias góticas dos gêneros suspense e terror de series como A Família Addams, A Família Mostro e Sombras da Noite, mas claro as duas primeiras famílias citadas do gênero são voltadas para o gênero da comédia, mas a família Collins é mais voltada para o drama sobrenatural que tinha vampiros, lobisomens, bruxas, zumbis e outras criaturas, mas claro que essas 3 series dessas famílias se passava no século XX, claro que as coisas eram muito diferentes, a forma de trabalhar um tema da temática era bastante diferente, assim como os efeitos especiais, e graças ao século XXI, a coisa mudou tanto de figura, tanto na área tecnológica quanto dramatização, porque também as coisas são feitas de forma mais dark, hoje em dia, mas ambas essas 3 famílias algo em comum com os Mikaelsons pelo seu estilo, mas a forma como os Mikaelsons são apresentados é mais dark, drama, sangrento e sombrio.
A serie que estou mencionando acima é a famosa The Originals, que é spin-off serie The Vampire Diaries, que terminou há pouco tempo no mês de março, mas claro que aqueles que assistiram ao primeiros anos da serie, principalmente o 2° e o 3° ano, fomos apresentados aos Mikaelsons, claro que no 2° ano de The Vampire Diaries fomos apresentados aos dois primeiros que são Klaus e Elijah, depois na 3° temporada que ficou conhecido como o ano dos Originais fomos apresentados mais cinco membros da família que são: Rebekah, Kol, Finn, Mikael e Esther, que na mesma temporada de The Vampire Diaries descobrimos suas origens sangrentas e como eles se tornaram os primeiros vampiros, e ainda vimos como a família deles se tornou totalmente fragmentada e desmoronada, depois que se tornaram vampiros e geraram suas linhagens, eles passaram a ser temidos e respeitados no mundo sobrenatural principalmente pelas suas linhagens de sangue, mas tudo isso muda quando nos 3° e 4° anos da serie, quando a família perde dois membros que foram os irmãos Finn e Kol, depois Klaus retorna para a cidade americana de Nova Orleans, a cidade em que ele e sua família construíram até o século XX, mas o retorno de Klaus se deve ao chamado de bruxas para protegê-las, do seu antigo protegido, o vampiro Marcel, que no mesmo dia do seu retorno descobre um grande milagre que vai mudar os rumos da sua família para sempre, a chegada da primeira criança Mikaelson em 1.000 anos.
Após o retorno de Klaus e a sua família à cidade de Nova Orleans, deu-se início a serie The Originals lançada em 2013, que se mostrou uma serie com protagonistas fortes e atuações excelentes de tirar o fôlego de qualquer e a melhor coisa da serie é que mostrou que têm também vilões de qualidade, por exemplo, na 1° temporada da serie começou com as facções da cidade de Nova Orleans que estavam em disputa acirrada entre vampiros e bruxos, mas com o tempo novo caro foram sendo apresentadas, e ainda fomos apresentados aos lobisomens que foram vítimas de massacre dos vampiros junto com as bruxas, mas com o tempo, os mesmos personagens que estavam na moita se revelaram muito perigosos, e com sede de vingança que preparou o terreno para a 2° temporada; depois no 2° ano da serie vemos a cidade de Nova Orleans sob o domínio dos lobisomens graças às bruxas, mas principalmente nessa temporada tivemos o retorno da velha inimiga da família, que é também a martriarca da família Mikaelson, Esther com a ajuda de seus dois filhos Kol e Finn em corpos de bruxos, a temática da 2° temporada além de ter como temática a luta dos irmãos Mikaelsons contra sua mãe, também tivemos o retorno do patriarca da família e inimigo mortal de Klaus, Mikael (padrasto de Klaus), ainda nessa mesma temporada fomos apresentado ao pai biológico de Klaus, o lobisomem Alpha Ansel que foi massacrado pelo Mikael junto com seu bando, após descobrir a verdade sobre Klaus, e ainda na mesma temporada tivemos uma revelação chocante nesta temporada que foi a irmã mais velha perdida dos irmãos Mikaelsons, a bruxa Freya que foi sequestrada pela irmã mais velha e cruel e maligna de Esther, a bruxa Dahlia que para mim foi uma das melhores personagens do universo televisivo criado por Julie Plec, que foi principal antagonista desta temporada, e a 2° temporada teve um grande desempenho melhor que a 1° temporada, porque mostrou a maldição dos primogênitos da família de Klaus, e também porque foram revelados grandes. Segredos da família original que foram revelados na serie The Vampire Diaries.
No 3° ano da serie, os inimigos da serie desta vez foram os próprios filhos que eles geraram durante os seus anos de eternidade, na temporada das linhagens vampirescas e da profecia da queda dos Mikaelsons, vemos mais inimigos vampiros do que nas duas temporadas passadas, porque os inimigos dos anos anteriores foram misturados, mas nesse ano foi focado mais nos vampiros das três linhagens remanescentes que são Klaus, Elijah e Rebekah, e nessa temporada podemos ver a vulnerabilidade da família original, porque antes da estrearem na serie The Vampire Diaries, os Mikaelsons eram os seres mais temidos do mundo sobrenatural, mas com o tempo, eles foram perdendo esse título, porque fomos acompanhando a evolução deles no decorrer dos anos que passam, mas nessa temporada, eles foram perdendo seu orgulho aos poucos até enfrentarem um dos filhos que seu tornou o vampiro original mais perigoso do mundo, Lucien que é era o antigo primogênito de Klaus Mikaelson, e nessa temporada tivemos a quebra da linhagem de Klaus, que todos os vampiros que ele reproduziu como Caroline, Josh não estão mais ligados a ele, mas com o tempo tivemos a participação dos ancestrais de Nova Orleans, e ainda nessa temporada fomos apresentados ao mundo espectral e fantasmagórico dos ancestrais de Nova Orleans, e ainda na mesma temporada tivemos o retorno esperado de Kol Mikaelson, o vampiro original que encontrou redenção na sua vida após se apaixonar pela bruxa Davina e ainda nessa temporada teve a transformação de Cami em vampira, e um dos pontos fortes foi revelado nessa temporada que primeiro a cidade de Nova Orleans ficou independente de plano dos Ancestrais; segundo que a linhagem de Klaus após saber que laços de sangue foram quebrado com Klaus muitos vieram por vingança; terceiro que duas personagens importantes da serie que são Cami e Davina morreram; a besta da profecia foi revelada que é Marcel que é considerado amigo, inimigo e família, e no final da 3° temporada tivemos a grande queda Da. Família Mikaelson, e assim dar início uma jornada de se erguerem que valeu a pena esperar, vejam o que digo a respeito abaixo sobre o primeiro episódio da nova temporada que estreou na sexta-feira, dia 17 de março de 2017, nos Estados Unidos no canal aberto americano The CW.
O nome do primeiro episódio do 4° ano da serie se chama Gather Up the Killers, e diferente das três temporadas anteriores que o número de episódios que foi 22, no novo ano da serie serão 13 episódios, e ainda início da nova temporada foi bastante diferente dos anos anteriores que não envolveram flashbacks do que aconteceu no final da 3° temporada, invés disso a 4° temporada nos levou para o presente onde vemos uma cidade de Nova Orleans em paz total e absoluta, e que a mesma está comemorando no mesmo episódio cinco anos da queda da família Mikaelson e da independência da comunidade bruxa local dos Ancestrais, e ainda vemos que as comunidades sobrenaturais da cidade estão vivendo em paz e tolerância absoluta como uma grande família, mesmo com as diferenças tudo está se resolvendo aos poucos de forma diplomática graças a Marcel e Vicente que foram os responsáveis pela derrota dos Mikaelsons na temporada passada, e que trouxeram a paz para a cidade, e ainda no começo desse episódio vemos o aparecimento de um rei que teve seu império caído, e esse rei é Klaus Mikaelson.
Depois nossa ação para a cidade Austin, no estado americano do Texas, onde vemos Hayley e sua filha Hope crescida com sete anos de idade, e no começo do episódio vemos a relação das duas que posso dizer que ficou bem no estilo de “Gilmore Girls”, mesmo que seja ainda muito cedo para dizer isso, mas podemos nos momentos iniciais do episódio que elas se mostraram muito unidos, e a uma das melhores partes do desenvolvimento da 4° temporada, foi o desenvolvimento da história em si, por exemplo, vamos começar seguintes momentos que o episódio seguiu a produção da serie está de parabéns por focar mais no contexto atual da serie do que ficar voltando atrás em flashbacks como a sua serie principal que é “The Vampire Diaries”, uma das coisas que prejudicava The Vampire Diaries é seu desenvolvimento na trama que ficava remoendo e até ficava bastante dependente dos flashbacks e teve muitas series como a própria The Vampire Diaries em que fez uma temporada em que teve momentos que se passavam no passado e no futuro ao mesmo tempo, que dizer a coisa ficou muito confusa e problemática para o espectador, mas aqui na 4° temporada de The Originals tivemos a prova perfeita de como a paciência tem que ser uma das virtudes mais importantes do ser humano, que dizer que o 4° ano da serie demorou a chegar, mas a espera valeu muito a pena, porque a equipe criativa de The Originals fez um episódio tão maduro e desenvolvido, porque foi feito com muita dedicação e trabalho duro, e excelência do episódio de estreia do 4° ano me fez lembrar de um ditado popular que se chama “A pressa é a inimiga da perfeição”, e ainda The Originals entrou na moda das temporadas curtas ouves dos clássicos 22 episódios, foi uma das coisas que contribuiu para o desenvolvimento da serie na temporada atual, isso deve graças à nova moda lançada graças as series originais do canal NETFLIX, que se mostraram em um desenvolvimento mais agiu da trama graças ao excelente trabalho da equipe de produção e ao número de episódios, Porque o número de episódios como 22 ou 23 tornaram as tramas de algumas series bastante cansativas, mas no caso de The Originals fez um grande trabalho com esse exemplo.
Mas voltando ao episódio, ele mostrou uma formula bastante inovadora, o episódio de estreia já nos leva para a trama central, porque ouves de ficar voltando atrás ou remoendo o passado, o que estava em forte de xeque é o presente e nas situações atuais nos personagens principais nos cinco anos em que a cidade de Nova Orleans conheceu a paz, depois que os Mikaelsons foram embora, e nesse contexto atual da família Mikaelson vemos Hayley que passou esses duros cinco anos da vida dela cuidando e protegendo a filha dela, e depois descobrimos que ela já curou Freya e libertou Rebekah da maldição que a consumiu na temporada passada, e finalmente conseguiu todos os venenos das sete matilhas para curar Elijah e Kol, mas finalizar seu objetivo precisava encontrar um ultimo membro da sétima matilha de lobisomens, quer dizer um dos pontos de certo do episódio foi focar no presente, ou seja, no agora, a ação no episódio se ficou em dois horizontes que foi em Hayley na busca da cura para sua família e outro em Nova Orleans onde vemos Marcel em seu reinado de paz com os vampiros e bruxos da cidade, porém não tivemos nenhuma informação dos lobisomens da cidade, mas a ação focou mais nos vampiros e nos bruxos, e ainda retornamos ao velho jogo de poder da serie que nunca perde o fôlego.
E falando sobre o jogo de poder da cidade de Nova Orleans, um dos velhos inimigos de Klaus duvida da palavra de Marcel, que é o vampiro escocês Alistair que busca vingança contra o Klaus por ter destruído sua vida, podemos ver que uma coisa que Nova Orleans ficou conhecida no mundo vampírico, é que todos os vampiros da linhagem de Klaus ficaram livres dele para sempre, a cidade foi vista como símbolo da queda do opressor e de sua família, para aqueles que não se lembram do final 3° temporada, que depois que a linhagem de Klaus foi quebrada, todos os vampiros que ele criou queriam sua cabeça, mas em ouves disso, Marcel mostrando que queria ser melhor que Klaus, decidiu dar um destino pior que a morte que é prendê-lo nas ruínas da sua mansão como um animal selvagem, mas o episódio mostrou a velha desavença familiar de linhagem, o que bem emocionante e não perdeu tempo em nenhum detalhe.
Ainda as cenas de luta e desenvolvimento da trama tiveram ótimos momentos, onde têm furos nem em cima e baixo, tornando o primeiro episódio da 4° temporada como um dos melhores da serie, mas para falar a verdade meus amigos, The Originals sempre soube trabalhar muito bem nos seus dramas, histórias, personagens, intrigas quer dizer a lutas sobrenaturais de Nova Orleans sempre foram desde a estreia da serie do ano de 2013, uma espécie de Hamlet moderno televisivo com toque vampirico, é uma das qualidades que The Originals sempre supera The Vampire Diaries, porque o spin-off em si traz questões mais adultas e darks do que sua antecessora, se bem que The Vampire Diaries estava encaminhando para caminhos mais adultos, mas faltou prática e muito açúcar no sangue para dar certo, como disse as ideias das duas series mesmo que sejam do mesmo universo, mas trabalham de formas muito diferentes que até podemos perceber de cara.
Ainda sobre os novos visitantes de Nova Orleans, seu reinado de terror não durou muito tempo, porque Marcel foi pedir conselhos à mesma pessoa que traiu ele diversas vezes, e ainda deixou um grande buraco da sua alma após deixar a personagem Davina para morrer na temporada passada, e essa pessoa é Klaus, mas como falei antes sobre o vampiro escocês e seus capangas, as coisas não deram muito certas para eles no fim das contas nos dois lados do episódio, mas se têm uma coisa que The Originals sabe explorar bastante nas suas tramas é a questão da família, que desde conhecemos Os Originais em pessoa nas temporadas passadas de The Vampire Diaries, vemos que família foi uma das coisas mais complicadas para eles e cada um dos personagens a serie própria foi uma espécie de redenção para cada um deles (Klaus, Elijah, Rebekah e Kol) que no decorrer da serie cada um reconheceu seus erros do passado, mas mesmo reconhecendo, todos eles falharam não só com suas linhagens, mas como também com si próprios com suas inseguranças, medos, desavenças familiares, mentiras, segredos, e muita matança no passado, e até em um episódio da 2° temporada quando o vampiro Marcel era aliado deles, falou uma verdade para Elijah sobre a família dele, “porque a família deles sempre tinha tantos inimigos e porque os odeia”, uma das coisas que The Originals sabe muito trabalhar é a questão de família dos Mikaelsons, é isso que tornam seus dramas mais pesado de qualquer outra família, também a mitologia da família deles que nós descobrimos na 2° temporada já foi construída com desavença graças à matriarca da família Esther, que nós já conhecemos essa história dela com sua irmã mais velha Dahlia, como também todos sabem a mentira é um dos maiores vícios da humanidade, e foi esse mesmo vício que construiu a família Mikaelson em pessoa, e tornou cada um dos integrantes essas pessoas que hoje, eles são até o nascimento de Hope no final da 1° temporada, mas como falei antes a serie sabe mesmo mistura a questão familiar com o sobrenatural.
Ainda o final do episódio muito bom que resultou no brilho de uma das personagens mais famosas da serie, Hayley que mostrou uma garra enorme como mãe e nova matriarca da família Mikaelson que foi uma das melhores cenas da nova temporada, e posso dizer que a personagem merece estar na lista de personagens femininas fortes e poderosas e daqui pra frente quando Hope estiver adolescente esperamos ver ela com a mesma garra da mãe, porque ela é uma das melhores personagens da serie, e ainda tivemos um momento a lá Klaus, mesmo trancado como um animal e usado como arma do seu antigo protegido, para proteger sua cidade, e esse mesmo início de temporada teve um grande salto evolutivo não só no tempo, trama, mas como também nos personagens, e foram muito boas as mentes criativas da serie não terem colocado muitos detalhes da busca de Hayley, para dar mais emoção na trama principal, isso mostra que mesmo ter demorado um pouco para lançar sua temporada atual, a serie se mostrou eficaz em todos os sentidos que vale a pena acompanhar, e ainda tivemos a menção de duas personagens que não serão esquecidas nos corações dos fãs da serie, Camille e Davina, e foram as mesmas personagens mortas que levaram a Marcel e Vincente, a dar o golpe e fazer os Mikaelsons serem banidos de Nova Orleans, concordo com os dois que os Mikaelsons nunca foram perfeitos porque eles sempre fizeram coisas ruins no passado, mas também quando uma justiça assim, nós acabamos nos tornando pessoas iguais às pessoas que nós queremos nos vingar; e até eu conheço ditados populares que dizem respeito sobre vingança.
1-“A Vingança nunca é plena, mata alma e envenena”.
2-” O vingador torna-se tão mal quanto que o prejudicou primeiro”
E ainda o final do primeiro episódio da 4° temporada, já nos apresentou com agilidade a moça ameaça, e temporada atual terá influência e inspiração das histórias literárias do mestre do mistério, suspense e terror americano, “Stephen King”, ou seja, a nova temporada terá mais elementos terá muito mais elementos de horror e ainda uma dinâmica familiar muito grande, com uma camada de mal que paira sobre ela durante toda a temporada - o que, quem sabe, talvez seja um resultado de como nos sentimos sobre o mundo em que vivemos neste momento.
O 1° episódio da 4° temporada de The Originals foi dirigido por Lance Anderson com o roteiro escrito por Michael Narducci, que deram para nós um episódio excelente, e que venham mais episódios bons.
Os novos atores e atrizes da 4° temporada da serie são: Summer Fontana, Christina Moses (da serie Containment), Keahu Kahuanui (da serie Teen Wolf), Karan Kendrick (do filme Jogos Vorazes: Em Chamas), Neil Jackson (da serie Sleepy Hollow) e ainda a nova temporada terá o retorno da atriz britânica Maisie Richardson-Sellers (que interpretou bruxa maligna Eva Sinclair na 2° temporada da serie e 3° temporada como Rebekah), ou seja, sua personagem Eva Sinclair vai retornar na 4° temporada da serie, além disso, a atriz está trabalhando como uma das novas protagonistas da serie Legends of Tomorrow como a heroína Amaya Jiwe / Vixen que apareceu em todos os episódios da 2° temporada.
Vejam a prévia dos próximos episódios abaixo, que estreiam todas as sextas-feiras à no canal aberto americano The CW nos Estados Unidos:
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 posters
Resultado de imagem para the originals season 4 trailer
Resultado de imagem para The Originals S04E01

Nenhum comentário:

Postar um comentário