filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Edward Mãos de Tesoura, um clássico de comédia, drama, fantasia, romance e suspense de sucesso da 20th Century Fox, e um dos maiores projetos de sucesso do famoso diretor Tim Burton!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova crítica para vocês de um clássico dos anos 90 da 20th Century Fox, e é um dos projetos cinematográficos de sucesso do famoso do diretor americano Tim Burton, para aqueles que conhecem o diretor ele é conhecido pela sua imaginação gótica macabra e sinistra com personagens pra lá de arrepiantes, e o personagem título do filme, Edward Mãos de Tesoura, entra na lista dos personagens estranhos da mente do diretor.
Para aqueles que são fãs do diretor, o filme oferece uma visão de ser diferente através desse personagem estranho, que é muito amado pelas pessoas da localidade em que mora, e perseguido por outros que o vêm como uma aberração, um estranho, esquisito ou um monstro, não é toa que o filme tem uma mensagem linda inspirada em clássicos da literatura da fantasia e do terror, como o Frankenstein, a Bela e a Fera e o Fantasma da ópera, e vocês vão entender o porquê, e o filme também marcou a primeira parceria entre o diretor Tim Burton e o famoso ator Johnny Deep, e o filme também marca também a segunda parceria com a atriz Winona Ryder, e foram os dois que se destacaram na história do filme, ele como o rapaz com mãos de tesoura e ela a moça que se apaixona por ele.
O filme começa de uma forma muito bonita e melancólica, onde em um pequeno bairro do estado americano da Flórida, está nevando de uma forma bem misteriosa, e a razão de tudo isso é porque o começo do filme se passa na época de Natal, nela encontramos uma senhora e sua netinha, prestes a ir para cama, quando ela pergunta para a avó dela de onde está vinda à neve, e ela responde para sua neta que vem de um castelo abandonado em cima da colina, e contam que é assombrado, mas a senhora sabe o que está por trás do famoso fenômeno misterioso, naquele castelo que está relacionado com um jovem rapaz que podia ser como qualquer outro, mas ele era diferente, ele tinha mãos de tesoura, e ai que começamos a história do filme, porque a avó é da menina é a narradora personagem da história, e vai contar como tudo começou, quando ela era jovem, quando tinha 17 anos de idade.
A história começa quando uma jovem moradora do bairro estava sendo sua rotina diária, em um dos momentos em que estava fazendo como sempre faz no seu dia-a-dia, ele percebe uma propriedade antiga na colina, um castelo bem grande, com jeito pra lá de assustador, gótico e misterioso, quando ela tenta encontrar o proprietário do imóvel, quando estava explorando o local encontrou uma pessoa, um rapaz, assustado e estranho que estava com medo, que nunca recebia visitas, quando ela via que ele tinha uma coisa fora do comum, ela por uma razão não teve medo nenhum, pelo contrário, ela viu que mesmo com sua aparência, e suas mãos, ela estendeu a sua mão, e apresenta-lo ao mundo lá fora, que dizer podemos já perceber que o personagem da história, Edward mostra que ele é um rapaz que foi criado por um inventor, e que nunca teve contato com pessoas antes, o que posso dizer que o filme faz uma homenagem ao monstro de Frankenstein, que assim como o monstro, Edward foi criado por um cientista, e da mesma forma suas origens vão ser um problema para ele quando a história se seguir.   
Quando Edward sai do castelo, ele vê o mundo que nunca pensou que veria um dia, quando começa a se contatar com as pessoas do lado de fora da antiga propriedade do seu criador, ele fica maravilhado, ou melhor, impressionado com o que estava vendo pela primeira vez na vida, como se fosse uma criança recém-nascida vendo o mundo de frente, quando sai para brincar, para aqueles que não sabem sobre o filme Edward, mãos de Tesoura é uma história sobre um misterioso rapaz que foi criado pela ciência, mas desconhece o mundo ao seu redor, porque é uma história sobre aceitação, interação social e também um filme de fantasia sombrio com toques colorido de comédia, drama e suspense, que é considerado um dos mais filmes clássicos, e um dos melhores filmes do diretor Tim Burton.  
Vocês sabem os exemplos da literatura da fantasia e terror mencionados acima, como Frankenstein, A Bela e a Fera e o Fantasma da Ópera, e vocês sabem o que eles têm comum com Edward, Mãos de Tesoura? Não, vou lhes explicar porque assim como o personagem-título do filme, são bondosos e ingênuos, mas a incompreensão e o preconceito levam a reclusão e até comportamentos antissociais, que acabam por reforçar a impressão inicial que a aparência deles causa nas pessoas que interagem com eles, pois já escutaram um famoso ditado popular, que vocês conhecem ou devem até conhecer, “as pessoas têm medo, daquilo que não conhecem”, ou seja, tem medo do desconhecido, porque como todos já viram nessas obras que os personagens com características como de Edward, são temidos pela sua aparência e pela sua origem pelo medo que as pessoas sentem por pelo jeito que eles são, porque já na vida real já temos este tipo de coisas, por exemplo, pessoas de religião diferente vão ao certo país, mas não conseguem se encaixar porque as pessoas desse mesmo país estrangeiro que os cidadãos locais já ouviram falar, têm medo de onde vieram, como já foi dito "O Medo do Desconhecido" sempre foi uma atitude cruel e maldosa da natureza humana, porque até existe outro ditado popular que diz que a beleza interior que importa, ou seja, que as nossas características, nosso caráter, não podemos ser bonito como as outras pessoas, mas temos uma coisa importante que as pessoas deviam valorizar que é seu caráter.
No decorrer do filme, Edward vai ganhando o amor, o carinho que estava ausente em toda sua vida desde a morte do seu criador, e no mesmo tempo ele vai ganhando a admiração e a fama nos moradores do bairro em que a história se situa, porque a falar a verdade o filme tem um tom à moda Tim Burton com um equilíbrio de colorido e dark, porque é uma história comovente contada de um jeito bonito e inocente, sem falar que o filme têm tudo que nós conhecemos no próprio Tim Burton em pessoa, uma história de fantasia dark contada de uma forma bem emocional e surpreendente, e ainda o que o filme impressionou também foi na sua excelente fotografia nos cenários que faz uma homenagem à história do Frankenstein e da Bela e a Fera de uma maneira mais moderna, levando uma história desses gêneros para os tempos atuais.
Outra coisa que foi bem trabalhada no filme foi a sua temática, que teve muitos momentos pra lá de comédia, nesses momentos alegres no filme podemos ver o próprio Edward, mostrando seu talento para as pessoas do bairro, e ao mesmo tempo ganhando seus corações com os trabalhos que faz, é uma coisa bem bonita ainda mais se tratando de uma produção muito bem elaborada e trabalhada de uma forma bem profissional, que não podemos negar, é um trabalho enorme de profissionais, e ainda o que ajudou a produção a ganhar o destaque de clássico foi seu elenco talentoso, que está entre eles está o famoso Johnny Deep que interpretou o personagem-título da história do filme, e que foi a sua primeira parceria com o diretor Tim Burton, e ainda teve a famosa atriz Winona Ryder que como já tinha dito antes, ela já trabalhou com ele em dos projetos anteriores, e agora hoje faz parte de uma das series mais famosas da atualidade, e o que ajudou o filme também um tom bastante colorido foi a sua trilha sonora muito bem bonita, parece uma música pra lá de contos de fada, pois essa é a moral do filme que funciona como uma fábula dark de fantasia com momentos coloridos de comédia e drama, com toques de suspense para deixar o espectador impressionado.
Uma das histórias de fantasia que deu uma pincelada no filme foi à clássica história de amor e fantasia, A Bela e a Fera, como vocês viram no filme, porque no filme Edward se apaixona por uma jovem linda, que as suas primeiras interações não foram das bem positivas, porque a história da Bela e a Fera, foi assim também, em que a protagonista teve medo da criatura, mas com o tempo foi se apegando a ele, e assim nasceu o amor, a mesma aconteceu no filme, e outra coisa da história que se encaixou no filme, foi um rival que era contra o protagonista da história, e também o próprio personagem-título da história vai mudar o coração da moça, é desta forma que o romance entra história do filme.
Uma das coisas que foi também muito trabalhada no filme, foi à natureza de Edward, em que a maioria dos flashbacks que aconteceram na vida dele antes do seu criador morre, foi uma coisa muito bonita de se fazer, porque um toque pra lá de Frankenstein nas origens do personagem principal, e são acompanhas de um suspense prá de ameno, mas como vocês sabem o estilo do diretor Tim Burton e seus personagens, é a forma como eles vêm o mundo que é através da solidão e do seu jeito gótico, vejam o personagem título da história, que ele tem um jeito solitário e triste de ver as coisas e o mundo, e ainda mais um personagem que passou anos sem ter contato com o mundo lá fora, uma das coisas que é característica dos personagens como o Fantasma da Ópera, com um toque mais gótico do diretor, ainda mais que é assim que o gótico ver o mundo, e o jeito de Edward é através da sua inocência e sensibilidade, o que torna um dos personagens memórias de Tim Burton, junto com os outros personagens da imaginação do diretor que são também góticos, inocentes e sensíveis que vêm o mundo dessa maneira. 
No decorrer do filme, chegamos uma das cenas mais tristes do filme, quando a população do bairro começa a ter medo de Edward, porque para começar uma das de suas falhas é a sua inocência que muitas pessoas se aproveitam dela para fazer coisas, ele não sabe que é errado, como posso dizer o personagem passou anos isolados do mundo real, vivendo no seu castelo como um eremita, uma das coisas que são fundamentais na história do filme é a interação social, e com uma lição de moral muito importante que é que “a humanidade às vezes poder ser o próprio monstro”, porque até o ser humano em pessoa pode cometer barbaridades e até coisas horrendas como assassinato, ou seja, nós humanos não somos perfeitos, todos temos defeitos, desde a nossa história tivemos muitas guerras em que a própria humanidade fez coisas monstruosas para vencer seus obstáculos.
E o final foi uma das coisas, mais emocionantes e bonitas que apesar dele ter sido bem quase trágico, com uma das belas cenas de final feliz, que todo mundo pode admirar, uma das melhores cenas feitas por Tim Burton e sua equipe de produção, com um dos melhores efeitos especiais da década de 90, que até hoje considerado um dos melhores filmes do diretor, e um dos clássicos da década.
O filme foi dirigido por Tim Burton, com o roteiro escrito por Caroline Thompson, no elenco do filme estão: Johnny Depp, Winona Ryder, Dianne Wiest, Vincent Price, Anthony Michael Hall, Kathy Baker, Alan Arkin, Robert Oliveri, Conchata Ferrell, Caroline Aaron, O-Lan Jones, Dick Anthony Williams, Susan Blommaert e entre outros que participaram da produção,vejam a nota do filme abaixo:
Avaliação do filme:
Nota:8,5/10,0
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
E suas imagens:
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 posters
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 mansion
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 mansion
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 mansion
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 mansion
Resultado de imagem para Edward Scissorhands 1990 mansion
Vejam a trilha sonora do filme:
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário