filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

A Bruxa de Blair: famosa história de suspense e terror em formato de Found Footage que retorna 17 anos após o seu lançamento em novo estilo através da Lionsgate!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova crítica para vocês, que é a sequência de um dos famosos filmes de suspense e terror de Found Footage que conquistou o público no final da década de 90, e teve uma sequência mal-sucedida no ano seguinte, e agora 16 anos após o seu lançamento, veio o esperado terceiro filme que todos estavam esperando, e a responsável pela sequência é a famosa Lionsgate(das franquias cinematográficas Crepúsculo, Jogos Vorazes e Divergente), que deu a luz a sequência do filme do final dos anos 90.
Esse filme é  Bruxa de Blair, que retoma às raízes do filme original para aqueles que conhecem a velha história do filme conhecem que os atores sempre andam com câmeras na mão, e com isso surgiu os famosos filmes de suspense e terror Found Footage que nós conhecemos, e que deu origem a famosa franquia Atividade Paranormal e outros filmes dos gêneros.
Para ser honesto posso dizer que esses filmes podem ser até um pouco chatos na metade do filme, claro isso pode acontecer se o filme filme não tiver uma direção e roteiro que façam com que a adrenalina se torne alta, foi como no caso do novo Bruxa de Blair, lançado essa semana, e tudo será explicado na crítica nesta postagem que vocês irão ler abaixo.
O novo filme começa com a mesma história de filmes com estilo de falso documentário que todos nós conhecemos, ou seja para aqueles que já viram os filmes no estilo Found Footage já sabem o que eu estou lhes dizendo mas vamos seguindo em frente com a crítica.
O filme começa mostrando os personagens principais do novo filme sendo um deles, irmão mais novo da protagonista do filme lançado em 1999, Heather que desapareceu junto com os outros dois amigos, enquanto faziam um documentário sobre a lenda local da famosa cidade de Burkittsville, no estado americano de Maryland, o início do filme foi recheado com trechos de flashbacks que mostravam as buscas pela área da floresta da cidade, onde a trama do filme de 1999, aconteceu, e posso dizer que fiquei impressionado como eles colocaram o tom de mistério na trama no novo filme, porque se têm uma coisa que adoro em histórias de suspense e terror, é o velho e famoso mistério, mas isso não que dizer que a crítica que eu farei aqui hoje, vai ser boa como nas outras que vocês vem aqui no blog.
O filme nos apresenta aquela formula repetida de mostrar os personagens principais antes da situação em que eles vão se encontrar, nele o irmão mais novo de Heather, James junto com seus amigos, vão a cidade onde sua irmã foi vista pela ultima vez antes de desaparecer sem deixar rastros na floresta da cidade, e com isso eles recebem a ajuda de moradores locais sobre a respeito da famosa floresta da lenda, e posso dizer que um deles não está contente com a ideia de ir a um lugar que é considerado um mau presságio para a cidade e seus habitantes locais, que dizer uma das boas partes do filme foi a velha formula de histórias de fantasmas e lendas urbanas que dão medo nas pessoas que dizer dá uma incrementação na história, mas mesmo com os toques de assombrações e lendas, o filme representa a mesma formula do filme anterior, mas sob nova direção que surpreendeu todos que assistiu o filme, e o nome do diretor é bem conhecido por trabalhos excelentes nos anos recentes, que fez um ótimo trabalho na direção, porém o roteiro do mesmo com a respeito da história foi muito fraco com relação ao filme lançado à 16 anos atrás.
O que realmente salvou a história do filme foi às histórias macabras com relação a lenda da Bruxa de Blair, como o caso do assassino Rustin Parr que assassinou sete crianças, sob instruções da Bruxa de Blair e ainda houve um caso de uma morte de uma menina de dez anos de idade que estava lavando roupa com sua mãe, e ai foi puxada para dentro do rio por uma mão misteriosa, e o corpo nunca foi encontrado, pois é um mistério sobrenatural macabro que salvou realmente a história do filme, mas posso dizer que o roteiro foi muito fraco com relação à história em sí.
Mas com relação ao filme mesmo posso dizer que as situações de susto foram muito baratas, algumas mesmo deram medo, mas mesmo assim não adiantou nada, o filme foi muita enrolação que dizer uma história sobrenatural macabra como essa merece uma coisa a mais ou seja um roteiro mais forte, o filme tinha um nome forte na cadeira do diretor, mas o problema mesmo foi o roteiro que foi muito seco e sem qualquer forma de ação ou adrenalina sem resolução de mistério, a trama do roteiro do filme com uma trama muito da da serie Lost, que dizer o roteiro do filme faz um encontro de A Bruxa de Blair com a serie Lost, foi coisa que quase não rendeu nada, bom mais ou menos, mais isso não que dizer a história é boa realmente, muito pelo contrário, ela é bem exaustiva no começo, que começa melhorar só na metade do filme, mas mesmo assim muita coisa foi aberta que fica sem sentido, as pessoas que poderiam ter feito tinham que ter feito uma história mais dinâmica e não essa lenga-lenga que todos nós conhecemos.
Mesmo voltando suas raízes do filme original, a Bruxa de Blair continua ser uma franquia sem açúcar no sangue, sem uma dose de resoluções, e com os mesmos mistérios de sempre sem uma explicação, o que me desapontou com relação ao filme.
Bom vamos lá, para começar o filme têm o mesmo jeito do original, um grupo indo para a floresta encontrar respostas sobre o primeiro grupo que veio no ano de 1999, e com isso coisas estranhas começam à acontecer nesse meio tempo, coisas que nós já vimos no filme original só que com pouquíssimos toques de inovação na história, mas no filme podemos ver outras coisas assustadoras com relação à maldição da floresta amaldiçoada da Bruxa de Blair, mas mesmo com essas pequenas melhorias a história continua sem a resolução do grande mistério da franquia, o que ainda me desapontou com relação ao filme foi que não revelaram a face da famosa Bruxa de Blair, que dizer é um dos grandes mistérios da franquia, mas olha eu posso dizer a verdade, com relação ao filme, a coisa foi muito lenta ou seja a coisa muito sem gosto para falar a verdade, faltou muita coisa para a história fazer mesmo o sucesso que estava-mos esperando foi uma grande decepção e falo mesmo a verdade, foi uma coisa muito sem graça, que dizer a Bruxa de Blair é umas das franquias mais sem gosto do mundo.
Mesmo com uma das histórias de mistério mais macabras do mundo, foi uma coisa mal desenvolvida, que dizer que as pessoas que iniciaram a franquia poderiam ter dado um impulso melhor para o filme, mas para falar a verdade, a Lionsgate é um dos sucessos graças as franquias Crepúsculo, Jogos Vorazes e Divergente, e que poderia ter dado um pouco mais de desenvolvimento para o novo filme da franquia, ou seja uma inovação de verdade, uma coisa muito preguiçosa e com o mesmo jeito desde o lançamento do filme no ano de 1999, porque para falar a verdade, eu fiquei na verdade bem desapontado como o trabalho foi feito não foi só falha no roteiro como também foi falha na criatividade em sí, porque para falar a verdade, eu esperava mais, e quando eu fui ver o filme com meus amigos, vimos um filme sem uma história bem construída, e com pouquíssimos sustos de verdade, a maioria eram aqueles que os personagens se assustavam quando estavam em pânico.
Quer dizer outra coisa foi fraca além da história foi o seu desenvolvimento que uma coisa sem sal que ficou naquela mesma mesmice sem uma simples engatilhada no roteiro, que foi um péssimo desenvolvimento de tão fraco que foi eu esperava mais, mas foi ao contrário disso, e isso é uma coisa bem chata assim posso dizer.
E o filme tivemos até momentos de inovação tecnologia que até deu um toque mais moderno para a franquia mais não adiantou muito, e vou falar uma coisa muito séria sobre muitas produções de mistério que adotam o estilo de A Bruxa de Blair e a serie Lost, têm os seus roteiros muito forçados que ouves de deixar a história livre para novos mistérios continua naquela ambiguidade que deixa qualquer espectador entediado na metade do filme, mas olha eu vou contar para vocês para aqueles que querem assistir esse novo Bruxa de Blair tenham paciência só não adianta chorar que o dinheiro não retorna, e não adianta se arrepender.
O que salvou mesmo a produção foi o diretor que fez um excelente trabalho na produção que é o famoso diretor estreante Adam Wingard(do filme Você é o Próximo e dirigiu o episódio-piloto da famosa serie de suspense e terror do canal Cinemax, Outcast que foi renovada para a 2° temporada), e têm pouquíssimos momentos assustadores que a produção se salvou mas que não adiantou muito para falar a verdade, e até o filme fez uma grande homenagem ao filme original de 1999.
O roteiro do filme foi escrito por Simon Barrett(da duologia V/H/S e Você é o Próximo), no elenco do filme estão:James Allen McCune,Callie Hernandez, Corbin Reid,Valorie Curry, Wes Robinson e Brandon Scott, vejam a nota do filme abaixo.
Avaliação do filme:
Nota:5,9/10,0
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Vejam as imagens do filme abaixo:
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Resultado de imagem para Blair Witch 2016 posters
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário