filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

sábado, 6 de agosto de 2016

A Bruxa, lançamento de suspense e terror de época do ano de 2016, da Universal!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova postagem, que é a nova crítica de um dos filmes mais esperados de 2016, que é um filme de suspense e terror de época da Universal, é um filme que conquistou muitos críticos de cinemas de festivais de cidades americanas, e se tornou um dos destaques dos gêneros suspense e terror antes da sua estreia oficial no ano de 2016, e esse filme é A Bruxa.
Mas fiquem calmos, meus amigos, é um filme de suspense e terror sobre bruxas, mas não se passa no século XXI, é um filme de suspense e terror de época, que se passa na região da Nova Inglaterra, no século XVII, ou seja o filme se passa no ano de 1630, ou seja, quando se deu o início da colonização inglesa na América do Norte, por isso que eu falei que é um filme de suspense e terror de época que se passava nos Estados Unidos durante seu período colonial.
O filme é uma história de horror americana situada período colonial americano do século XVII:
O filme em se passa anos antes dos eventos conhecidos conhecidos como Caça às Bruxas de Salem, a história do filme se passa com uma família puritana cujo seu patriarca é acusado de heresia, ele teve duas opções a primeira que é dizer que o modo religioso é errado, e da sua vila é o correto, ou ser expulso junto com sua família da vila que vivem, ai podemos ver que filme nos mostra a vida cotidiana da Região da Nova Inglaterra do século XVII, onde o mundo estava mergulhado na era moderna, ou seja que o mercantilismo ainda era o meio-econômico das nações europeias, e o colonialismo europeu e o absolutismo ainda estava auge, posso dizer que além de ser um filme de suspense e terror, também é um filme de época, mas para falar a verdade, eu gosto de tramas de suspense e terror que são situadas no passado, porque elas dão um ar mais de mistério, ou atmosfera nos dá uma coisa mais fantasmagórica ou monstruosa, assim posso dizer, e ainda que filmes assim são de arrepiar os cabelos.
Mas voltando à história do filme, após serem expulsos da sua vila, a família decide viver uma vida longe, e seguir seu próprio caminho de religião, e a família decide se instalar perto de uma floresta, e criar raízes no local, como podemos ver, a religiosidade era muito alto naquela época, ainda mais na América do Norte nos tempos coloniais, porém a paz não dura muito tempo em seu novo lar, e coisas estranhas acontecem, e ficam cada vez mais ruins no decorrer da história e posso dizer que o enredo e atmosfera assustadora não perdem tempo, e já colocam tudo para o espectador acompanhar de perto, Após se estabelecerem no seu novo lar, acontecimentos sinistros começam à acontecer com a família, para começar o filho mais novo desaparece sem deixar rastros, e nas cenas de pânico, podemos ver como a atuação é de primeira, porque sendo que alguns dos atores que são os mais jovens têm talento, e mais o talento dos atores ajudou a criar a atmosfera de medo, mistério, suspense e terror do filme, isso sendo que uma das atrizes que é uma das iniciantes de Hollyhood, é a  Anya Taylor-Joy, que apesar de ser nova na carreira, ela mostrou no filme que com apenas 20 anos de idade já possui talento para atuar em grandes produções cinematográficas, e o filme A Bruxa é um dos seus primeiros sucessos da sua carreira, e esperamos no futuro vermos mais dela, em outros filmes.
Após o desaparecimento do filho mais novo do casal, não falta tempo para a família ficar culpando um ao outro pelo acontecimento, e não falta para outros acontecimentos acontecerem ao redor da família, como por exemplo as plantações começarem a morrer, e os animais se tornarem maléficos, e ainda as crianças se tornam o grande brilho da produção, porque o filme nos mostra que uma das coisas que as bruxas são famosas nas histórias naquela época, que elas tinham costume de serem vistas adoradores do Diabo, que matam e sacrificam crianças inocentes, e ainda podemos ver o amadurecimento das crianças do casal entre elas, a filha do casal que está na transição da adolescência para a fase adulta, e ainda podemos ver o segundo filho da casal mostrando sua transição da infância para a adolescência, como eu falei é uma produção de época em que os valores familiares eram diferentes dos dias de hoje, e as coisas eram um pouco mais rígidas.
E os acontecimentos bizarros ainda continuam, sendo que um dos filhos desaparece misteriosamente, e depois reaparece doente como se alguma coisa tivesse acontecido com ele, e no auge desses acontecimentos a família se vê dividida, desunida e problemática, porque além da trama do filme nos trazer um cenário diferente de outras produções de suspense e terror como Atividade Paranormal, que fez sucesso através dos protagonistas carregarem a câmera na mão e documentar as atividades sobrenaturais que acontece ao seu redor, mas a história é diferente do filme A Bruxa, em que trabalha num terror psicológico de época, onde a paranoia e o medo trabalha junto com as crenças religiosas do ser humano, e nisso despertar o desejo primitivo humano.
E com todos os acontecimentos acontecendo ao redor da sua fazenda a família passa a culpar a filha adolescente e acusando de praticar bruxaria, e está envolvida em satanismo, posso dizer que o filme consegue criar uma ótima atmosfera de medo e paranoia, e vemos que a família chega no fundo do posso, quando os membros começam a morrer ou lutar uns contra os outros assim, o diretor que fez o filme é um professional, e esse é o seu primeiro filme, em que ele conseguiu montar um filme de suspense e terror de época com base no conceito da bruxaria na América do Norte colonial, em que o pensamento religioso era bastante predominante no ser humano naquela época.
E o filme nos trouxe um mistério psicológico de arrepiar diferente de A Bruxa de Blair, assim posso dizer, porque o roteiro nos traz uma história de uma família do século XVII que vê seu cotidiano ser afetado por forças malignas e sobrenaturais, e o cenário também deu o jeito de colocar a família uns contra os outros, como se tivessem colocados num barco, ou até numa floresta sem comunicação do da civilização deixando-os a mercer do desconhecido, mas foi através do pensamento religioso que deu o famoso xeque-mate no destino de cada um, e assim como A Bruxa de Blair o final bem intenso onde as bruxas apareceram de forma macabra e fantasmagórica, que dizer o final do filme A Bruxa combinou os finais de A Bruxa de Blair com Atividade Paranormal, e não decepcionou.
O filme foi dirigido por Robert Eggers e com o roteiro escrito pelo próprio Robert Eggers, que nos deu uma história de horror americana à moda colonial norte-americana com temática bruxaria, e ainda que soube trabalhar com elenco bem reforçado e de caracter, e os que se destacaram foram os membros juvenis do elenco, porque é como dizem que o mais assustador e sinistro vem da alma humana mais inocente, e que a crença religiosa pode se tornar às vezes o pior inimigo do ser humano, o deixando cego não só consigo mesmo, mas com outras pessoas ao seu redor, e é que foi representado no filme, e no elenco do filme temos; Anya Taylor-Joy,Ralph Ineson,Kate Dickie(da serie Game of Thrones),Harvey Scrimshaw,Ellie Grainger, Lucas Dawson e Julian Richings, vejam a nota do filme abaixo.
Avaliação do filme:
Nota:8,0/10,0

E suas imagens:






Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário