filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

terça-feira, 17 de maio de 2016

Series aprovadas para a Fall-Season 2016-2017!

Bom dia, meus amigos, hoje vou dar uma nova notícia para vocês, sobre os novos projetos televisivos dos canais abertos americanos(ABC,CBS, FOX, NBC e The CW), que vão estrear na Fall-Season 2016-2017, e são projetos de tirar o fôlego de qualquer um, pelas suas histórias, vejam as informações do site
1-ABC:














ABC aprova a produção de sete séries para a Temporada 2016-2017

Foram encomendados quatro dramas e três comédias

Por: Fernanda Furquim  

Em vésperas de realizar seu Upfront, no dia 17 de maio, a rede ABC anunciou a encomenda de sete novas séries para a sua grade de programação. As séries foram aprovadas a partir de um episódio piloto produzido para avaliação. Foram encomendadas quatro dramas e três comédias.
Allison Tolman em 'Downward Dog (Foto: Bob D’Amico/ABC)
Allison Tolman em ‘Downward Dog (Foto: Bob D’Amico/ABC)
Downward Dog é uma comédia criada por Samm Hodges e Michael Killen que adapta a webserie de mesmo nome, criada pela dupla e estrelada por Rachel Vallozzi em 2014.
A história gira em torno de Nan (Allison Tolman, de Fargo) e sua relação com seu cachorro Martin (voz de Hodges), narrada pelo ponto de vista do animal, que tem um comportamento destrutivo e controlador. Enquanto isso, o musicista e bartender Jason (Lucas Neff), ex-namorado de Nan, tenta reconquistá-la.
No elenco também estão Barry Rothbart como Kevin, chefe de Nan; Kirby Howell-Baptiste como Jenn, colega de trabalho de Nan; e Mo Collins como Kim.
A produção é da ABC Studios em parceria com a Legendary Entertainment, Mosaic Media e Animal Media.

Katy Mixon
Katy Mixon
The Second Fattest Housewife In Westport (título de referência) é uma comédia de Sarah Dunn(Murphy Brown, Spin City) e Aaron Kaplan.
A história acompanha a vida de Katie (Katy Mixon, de Mike & Molly), uma mulher determinada que se dedica a cuidar de sua família cheia de problemas. Eles vivem em uma rica comunidade povoada por esposas perfeitas e seus filhos impecáveis.
No elenco também estão Carly Hughes, como Angela, uma mulher brutalmente honesta que passa por um divórcio difícil; Ali Wong, como Doris, uma mulher responsável e mãe atenciosa, que tem sua eterna boa intenção explorada pelas vizinhas; Dietrich Bader, como Jeff Otto; Johnny Sequoyah, como Taylor;Daniel DiMaggio, como Harrison; e Julia Butters, como Anna-Kat.
A produção é da Kapital Entertainment e ABC Studios.

'Imaginary Mary' (Foto: Ed Herrera/ABC)
‘Imaginary Mary’ (Foto: Ed Herrera/ABC)
Imaginary Mary é uma comédia de Patrick Osborne, Adam F. Goldberg e David Guarascio, com roteiro dos dois últimos. A série chegou a ser divulgada com o título de Imaginary Gary e Imaginary Friend quando ainda estava em desenvolvimento.
Na história, Alice (Jenna Elfman, de Dharma e Greg) é uma solteirona de trinta e poucos anos que tem sua vida transformada quando ela finalmente conhece o amor de sua vida: Ben (Stephen Schneider), um divorciado e pai de três filhos, Andy (Nicholas Coombe), Dora (Jillian Bell) e Bunny (Erica Tremblay).
Mas tudo se complica quando seu amigo imaginário de infância reaparece para tentar ajudá-la a passar pela transição da vida de solteira para a de uma mulher que se prepara para ter uma família.
Os produtores utilizarão imagens de atores contracenando com personagens criados por computador.
A produção é da Happy Madison Productions em parceria com a Sony Pictures Television.

Hayley Atwell em 'Conviction'
Hayley Atwell em ‘Conviction’
Conviction é uma série criada por Mark Gordon(Quantico) e Liz Friedman (Elementary, Jessica Jones).
Trata-se de um drama político no qual Carter Morrison (Hayley Atwell, de Agent Carter), filha rebelde de um ex-Presidente dos EUA, é obrigada a assumir o comando da Conviction Integrity Unit, na qual trabalha ao lado de investigadores, advogados e especialistas forenses. O objetivo da Unidade é o de reexaminar casos nos quais possam existir suspeitas de que um inocente foi condenado pelo crime.
No elenco também estão Shawn Ashmore (The Following), como Sam, assistente da promotoria a quem a função de Carter tinha sido prometida; Manny Montana (Graceland) como Franklin Rios, mais conhecido como Frankie, responsável pela equipe forense, um sujeito que já cumpriu pena por roubo de carro; Merrin Dungey (Alias, King of Queens, Betrayal, Chasing Life), como Maxine, ex-detetive da polícia de Nova Iorque, ela assume o cargo de principal investigadora da equipe; Eddie Cahill (CSY: NY), como Wayne Wallis, ambicioso promotor público, carismático e com um grande poder político, que criou a Unidade e indicou Hayes para liderá-la; Emily Kinney (The Walking Dead, The Knick) como Tess Thompson, advogada membro da equipe CIU; Daniel DiTomasso (Witches of East End) como o advogado Jackson Morrison, irmão mais novo de Carter.
A produção é da ABC Studios e MGC.

'Notorious'
‘Notorious’
Notorious é um drama de Jeff Kwatinetz (The Firm), Josh Berman (Drop Dead Diva) e Allie Hagan, inspirado na relação que surgiu entre o advogado criminal Mark Geragos e a produtora executiva do programa Larry King LiveWendy Walker.
A história acompanha a relação entre Jake Gregorian (Daniel Sunjata, de Rescue Me, Graceland), um advogado carismático que age como se fosse invulnerável, e Julia George (Piper Perabo, de Covert Affairs), uma poderosa produtora de TV. Juntos, os dois tentam controlar a mídia, o sistema judiciário e, consequentemente, um ao outro.
No elenco também estão Aimee Teegarden (Friday Night Lights, Star-Crossed), como Ella, filha de um condenado que se forma advogada para provar a inocência do pai. Trabalhando com Jake, ela se torna leal a ele; Kate Jennings Grant (vista em Alpha House e Commander in Chief), como Louise, apresentadora de um programa de notícias; J. August Richards (Girlfriends’ Guide To Divorce), como o advogado Bradley, irmão de Jake, que vive à sombra do irmão; Ryan Guzman (Heroes Reborn, Pretty Little Liars), como Ryan Mills, ambicioso estagiário que trabalha com Julia; Sepideh Moafi (Black Box, Deuce), como Megan Byrd, produtora de um noticiário responsável por organizar a lista de convidados para as entrevistas; Kevin Zegers, como Oscar Keaton, um playboy bilionário que criou uma das maiores empresas de rede social do país.
A produção é da Sony Pictures Television em parceria com a ABC Studios.

(E-D) Wade Briggs,  Lashana Lynch e Sterling Sulieman em 'Still Star-Crossed' (Foto: Ed Herrera/ABC)
(E-D) Wade Briggs, Lashana Lynch e Sterling Sulieman em ‘Still Star-Crossed’ (Foto: Ed Herrera/ABC)
Still Star-Crossed é uma série de Heather Mitchell (Grey’s Anatomy, Scandal), Shonda Rhimes (Grey’s Anatomy, Scandal, How To Get Away With Murder), Betsy Beers e Michael Goldstein. Trata-se de uma adaptação da obra de Melinda Taub.
Drama de época, a história é uma sequência da tragédia Romeu e Julieta, de William Shakespeare, talvez com toques de A Megera Domada, outra obra do escritor inglês.
Apesar da aparente paz que reina em Verona após a morte do casal, os Montéquios e Capuletos vivem uma relação repleta de intrigas e traições. Isto faz com que o Príncipe Escalus (Sterling Sulieman) conclua que a única forma de acabar com esta briga é fazendo com que as duas famílias se unam em matrimônio.
Assim, Benvolio (Wade Briggs), primo de Romeu (Lucien Laviscount, de Scream Queens), é o escolhido da família Montéquio para se casar com Rosaline (Lashana Lynch), prima de Julieta e uma antiga paixão de Romeu. Mas, ao contrário do que aconteceu entre Romeu e Julieta (Clara Rugaard), este casal não se ama. Ainda assim, são obrigados a concordar com a união para salvar suas vidas, a de suas famílias e a do povo de Verona.
No elenco também estão Zuleikha Robinson (Roma), como Lady Capuleto, mãe de Julieta; Anthony Head (Buffy, a Caça Vampiros, Dominion), como o Lorde Capuleto, pai de Julieta; Grant Bowler (Defiance), como o Lord Montéquio, pai de Romeu; Torrance Coombs (Reign), como Conde Paris; Ebonée Noe, como Livia, irmã de Rosaline; e Medalion Rahimi, como a Princesa Isabella.
A produção é da ABC Studios e Shondaland.

'Time After Time'
‘Time After Time’
Time After Time é uma série de Kevin Williamson (Dawson’s Creek) que adapta a obra de Karl Alexander, publicada em 1979, a qual já foi adaptada no filme Um Século em 43 Minutos, com Malcolm McDowell.
A história inicia no ano de 1893. H.G. Wells (Freddie Stroma, de UnREAL) apresenta sua máquina do tempo para um grupo de amigos. Entre eles, o Dr. Leslie John Stevenson (Josh Bowman, de Revenge), que ninguém sabe ser, na verdade, o assassino conhecido como Jack, o Estripador.
Quando a Scotland Yard começa a suspeitar de Stevenson, este rouba a máquina de Wells e viaja para São Francisco, no ano de 1979. Após deixá-lo lá, a máquina (pré-programada) retorna ao seu ponto de origem, permitindo que Wells também faça a viagem em busca de Stevenson no futuro.
Ao chegar na cidade, ele descobre que o assassino continua praticando seus crimes, iniciando uma nova onda de terror. Sentindo-se responsável por sua fuga, Wells está determinado a capturar Stevenson e levá-lo à justiça.
No elenco também estão Genesis Rodriguez, como Jane Walker, curadora de Museu que desperta o interesse de Wells; Regina Taylor (Dig, The Unit), como Vanessa Anders, empresária que é proprietária da máquina do tempo inventada por Wells; e Jordin Sparks como Jesse Givens, amiga de Jane.
A produção é da Warner Brothers TV.
Abaixo, os primeiros teasers das séries:

2-CBS:

CBS aprova a produção de seis novas séries

Entre elas, comédia com Matt LeBlanc e remake de 'Profissão: Perigo/ MacGyver'


Richard Dean Anderson na versão original de 'MacGyver', série que recebeu o título de 'Profissão: Perigo', no Brasil. (Foto: ABC/Arquivo)
Richard Dean Anderson na versão original de ‘MacGyver’, série que recebeu o título de ‘Profissão: Perigo’ no Brasil. (Foto: ABC/Arquivo)
A rede CBS também está se preparando para a apresentação de seu Upfront, que será realizado no dia 18 de maio. No evento, o canal apresentará sua nova programação que, entre renovações e cancelamentos, inclui seis novas séries: quatro dramas e duas comédias. Lembrando que a CBS já tinha aprovado a produção de Kevin Can Wait.
A postagem será atualizada quando as fotos das novas séries forem divulgadas pelo canal.

The Great Indoors é uma sitcom tradicional criada por Mike Gibbons.
A história acompanha Joel (Joel McHale, de Community, Arquivo X) um repórter aventureiro que passou a vida escalando montanhas e enfrentando feras selvagens. Mas um acidente o obriga a redirecionar sua carreira. Agora ele trabalha no departamento de mídia social do The Great Outdoors, uma publicação onde ele está cercado por pessoas que passaram a vida na frente de uma tela de computador. Para estes jovens, Joel é uma raridade do passado.
No elenco também está Shaun Brown, como Dwayne, novo colega de trabalho de Joel, um sujeito que passa mais tempo dentro de casa ou no escritório; Susannah Fielding, como Brooke, filha de Antonio (Stephen Fry), com quem administra o The Great Outdoors; Christopher Mintz-Plasse (Flaked), como Clark, um nerd da tecnologia que sabe tudo sobre sobrevivência no mar, na selva e até em Marte, mas que há cinco anos não sai da cidade; Chris Williams (One Big Happy), como Eddie, o melhor amigo de Joel que o convida a morar com ele na casa que herdou da mãe; e Christine Ko, como Emma, uma especialista das mídias sociais.
A produção é da CBS TV Studios.

Man With a Plan é uma comédia criada por Jeff e Jackie Filgo, ambos de That 70s Show. A série chegou a sustentar o título de I’m Not Your Friend, quando o projeto foi divulgado.
A história acompanha a vida de Adam (Matt Le Blanc, de Friends, Episodes), um empreiteiro que precisa cuidar dos filhos depois que a esposa Andi, uma técnica de laboratório, decide voltar a trabalhar.
No elenco também estão Jessica Chaffin (vista em Episodes, New Girl), como Marie, uma mãe que não cuida de sua aparência, mas se sente decepcionada em ver que Adam nunca se lembra dela quando a encontra; Diana Maria Riva (Telenovela), como a Sra. Wannamaker, professora da escola das filhas de Adam que se apresenta como uma mulher amável, mas que na verdade é uma mulher durona; Matt Cook(Clipped, The Comeback), como Lowell, um amável e intelectual pai; e Grace Kaufman, como Kate, filha mais velha de Adam e Andi.
A atriz Jenna Fisher (The Office) interpretou Andi no episódio piloto produzido para avaliação, mas ela será substituída agora que a série foi aprovada.
A produção é da 3 Arts Entertainment em parceria com a CBS TV Studios.

Bull é um drama criado por Dr. Phil McGraw e Paul Attanasio (House), inspirado na carreira de McGraw, médico que apresenta um talk show.
A história acompanha o psiquiatra Dr. McGraw (Michael Weatherly, de NCIS), que presta serviços de consultoria a advogados, auxiliando-os na apresentação de um caso criminal perante o juiz/júri, preparando testemunhas, melhorando argumentos e retórica e avaliando o perfil das pessoas que serão selecionadas como jurados.
No elenco estão Geneva Carr (Law & Order: SVU, Younger), como Marissa, uma psicóloga, especialista em neurolinguística e terapeuta sexual, que trabalha para o Dr. Bull; Freddy Rodriguez (The Night Shift), como Benny, um advogado, amigo e ex-cunhado de Bull; Jaime Lee Kirchner (Mercy), como Danny, um ex-agente do FBI dotado de memória fotográfica, que agora atua na equipe de investigação do Dr. McGraw; e Christopher Jackson, como Chunk, um estilista que auxilia a equipe a preparar réus para o julgamento.
A produção é da CBS TV Studios em parceria com a Stage 29 Productions, empresa de McGraw, e a Amblin Television, empresa de Steven Spielberg.

Pure Genius é um drama de Jason Katims (Parenthood, Friday Night Lights, The Path), responsável pelo roteiro, e Michelle Lee (Parenthood). A série chegou a sustentar o título de Bunker Hill quando ainda estava em desenvolvimento.
Trata-se de um drama médico no qual James Bell (Augustus Prew, de The Borgias, The Village, Klondike), um jovem empresário do ramo de novas tecnologias, contrata Walter Wallace (Dermot Mulroney, de Enlightened, Shameless), um experiente cirurgião, mas com um passado controverso, para dar início às atividades de um novo hospital, o qual terá uma abordagem diferenciada no tratamento médico-paciente.
No elenco também estão Reshma Shetty (Royal Pains, Odd Mom Out, Happyish), como a Dra. Talaikha Channarayapatra, totalmente dedicada ao trabalho; Brenda Song (Zach & Cody, Dads), como Angie, funcionária do hospital, onde trabalha como programadora; Ward Horton, como o Dr. Scott Strauss, um neurologista filho de um famoso médico; Odette Annable (The Astronaut Wives Club, House, Banshee), como Zoe, uma médica idealista; e Aaron Jennings, como o Dr. Malik Water, médico que se dedica a levar atendimento de qualidade à comunidade.
A produção é da Universal Television em parceria com a CBS Television Studios.

MacGyver é uma série criada por Paul Downs Colaizzo, Michael Clear e Henry Winkler. Trata-se de um remake da série Profissão: Perigo, produzida por Winkler.
Exibida entre 1982 e 1995, a série original apresentou um herói avesso a armas e violência, que realiza missões especiais utilizando seu conhecimento de física e química como principal arma de defesa e ataque. Munido de apenas um canivete suíço, MacGyver (Richard Dean Anderson, de Stargate SG-1), especialista em desarmamento de bombas, trabalha para um departamento do governo que, através da Phoenix Foundation, realiza missões secretas internacionais. A série teve um total de sete temporadas e 139 episódios, mais dois telefilmes reunions.
Nesta nova versão, MacGyver (Lucas Till) tem vinte e poucos anos quando é recrutado por uma organização clandestina para ajudar a prevenir desastres. Para tanto, ele utiliza os recursos que tem em mãos.
No elenco também estão George Eads (CSI), como Lincoln, um funcionário público adepto das teorias da conspiração; Joshua Boone, como Gunner, melhor amigo de MacGyver; Addison Timlin, como Mickey, uma especialista em novas tecnologias que desenvolve Apps; e Michelle Krusiec, como a agente Croix, irmã de Lincoln que trabalha para o Departamento de Segurança Nacional.
Segundo a imprensa americana, todo o elenco de apoio da série será substituído. Apenas Till e Eads permanecerão no elenco.
A produção é da CBS Television Studios.

Training Day é uma adaptação de Will Beall (Castle) e Antoine Fuqua do filme Dia de Treinamento, lançado em 2001, com direção de Fuqua.
Situada quinze anos após os fatos ocorridos no filme, a história acompanha os trabalhos de Kyle Craig (Justin Cornwell), um jovem policial afro-americano que passa a fazer parte do esquadrão de elite da polícia de Los Angeles.
Lá, este jovem idealista se torna o novo parceiro de Frank Rourke (Bill Paxton, de Big Love, Hatfields & McCoys, Texas Rising), um detetive veterano e de moral duvidosa, que não está nada satisfeito por ter que treinar Kyle.
No elenco também estão Lex Scott Davis, como Alyse Arrendondo, professora de história casada com Kyle, que admira o marido a despeito de sua constante imprudência; Drew Van Acker (Pretty Little Liars), como o detetive Tommy Campbell, e Katrina Law (Arrow, Spartacus), como a detetive Rebecca Lee, ambos membros da Special Investigation Section da polícia de Los Angeles. Rebecca é uma jovem que, aos 4 anos de idade, foi resgatada por Frank do tráfico de crianças. Razão pela qual ela o considera como um pai; e Julie Benz (Defiance, Dexter), como Holly McCabe, a responsável por uma rede de prostituição de luxo em Hollywood, com quem Frank mantém um caso.
A produção é da Jerry Bruckheimer Television em parceria com a Warner Brothers.

CBS aprova a produção de ‘Kevin Can Wait’

Primeira temporada tem treze episódios iniciais


(E-D) James Digiacomo e Kevin James nos bastidores de ‘Kevin Can Wait’ (Foto: Bobby Bank/GC Images)
A rede CBS aprovou a produção de Kevin Can Wait, série que teve seu projeto divulgado em outubro de 2015, quando a emissora se comprometeu a encomendar treze episódios para a primeira temporada, caso contrário pagaria uma pesada multa.
Criada e estrelada por Kevin James (King of Queens), em parceria com Rock Reuben(King of Queens) e Bruce Helford (The Drew Carey Show, Anger Management), a série é uma sitcom tradicional (filmada diante de um público).
Na história, Kevin é um policial aposentado que tenta aproveitar melhor o tempo que passa ao lado da esposa Donna (Erinn Hayes, de Childrens Hospital) e dos três filhos, Kendra (Taylor Spreitler, de Melissa & Joey, Casual), Sara (Mary-Charles Jones) e Jack (James Digiacomo). Mas logo ele descobre que os relacionamentos pessoais podem ser mais perigosos que os bandidos que ele enfrentava nas ruas.
No elenco também estão Ryan Cartwright (Alphas, Bones, Mom), como Chale, um rapaz da alta sociedade que está prestes a criar um inovador App (e age como se já o tivesse feito), apaixonado por Kendra; Leonard Earl Howze, como Goody, ex-parceiro de Kevin na polícia e um de seus melhores amigos; Lenny Venito (The Neighbors), como Duffy, velho amigo de Kevin divorciado duas vezes; e Gary Valentine (King of Queens, Fargo), como um bombeiro, o irmão de Kevin.
A produção é da Sony Pictures TV em parceria com a Hey Eddie Productions, empresa do ator.
















3-FOX:

Fox aprova a produção de quatro dramas e duas comédias para a Temporada 2016-2017

Entre as novas séries do canal estão 'The Exorcist', 'Lethal Weapon' e 'The Mick'

Antecipando seu Upfront, evento em que os canais da rede aberta anunciam sua nova programação, o canal Fox começa a aprovar a produção de séries que tiveram pilotos encomendados para avaliação.
Segundo divulgado pela imprensa americana, o canal já teria aprovado a primeira temporada de quatro dramas e duas comédias: The Exorcist, Lethal Weapon, A.P.B. , Pitch, Making History e The Mick. O canal deverá confirmar a encomenda das séries no dia 16 de maio, quando realiza a apresentação de seu Upfront. Vale lembrar que a Fox já tinha aprovado as produções de 24: Legacy, série derivada de 24 Horas, e de Star.
Alfonso Herrera e Geena Davis em 'The Exorcist' (Foto: Jean Whiteside/Fox)
Alfonso Herrera e Geena Davis em ‘The Exorcist’ (Foto: Jean Whiteside/Fox)
The Exorcist é uma adaptação de Jeremy Slater, responsável pelo roteiro, James Robinson, David Robinson e Barbara Wall da obra de William Blatty, publicada em 1971, a qual já gerou uma franquia cinematográfica. Blatty escreveu o livro com base em um caso de desobsessão ocorrido em 1949, sobre o qual ele ouviu falar na década de 1950, quando era estudante.
No livro, um Padre jesuíta é chamado para ajudar a menina Regan, que apresenta um comportamento agressivo. Vivendo uma crise de fé, o padre tenta tratar a menina pelo ponto de vista psiquiátrico. Mas logo percebe que seu problema é outro. Acreditando que a menina esteja possuída pelo demônio, o Padre pede permissão ao Bispo para exorcizar Regan. Este, por sua vez, não acreditando que o Padre seja capaz de realizar o exorcismo, indica o Padre Merrin, que já exerceu esta função na África.
Na versão do canal Fox, a história acompanha os trabalhos de outros personagens, que tentarão ajudar a família Rance.
Angela Rance (Genna Davis, de Commander in Chief) é mãe de Charlotte (Brianne Howey, de Twisted), uma jovem que sofreu um grave acidente, o que a levou a ficar confinada ao seu quarto; e de Casey (Hannah Kasulka, de The Fosters), uma menina tímida e solitária.
Quando uma delas começa a apresentar sinais de possessão demoníaca, a família pede ajuda ao padre Thomas Ortega (Alfonso Herrera, de Sense8, The Chosen), um jovem amável e compassivo; e ao padre Marcus Lang (Ben Daniels, de House of Cards, Flesh and Bone), um santo guerreiro.
No elenco também está Kurt Egyiawan, como o Padre Bennett, contato da igreja com o Vaticano.
A produção é da 20th Century Fox TV e Morgan Creek Productions.

Lethal Weapon
(E-D) Clayne Crawford e Damon Wayans em ‘Lethal Weapon’ (Foto: Richard Foreman/Fox)
Lethal Weapon é a versão televisiva do filmeMáquina Mortífera.  A adaptação é de Matt Miller(Chuck, Forever) e McG.
No filme, o Sargento Roger Murtaugh (Danny Glover) começa a trabalhar ao lado de Martin Riggs (Mel Gibson), um ex-militar que atuou no departamento de Narcóticos antes de ser transferido para a Homicídios. Adotando um comportamento quase suicida, Riggs ainda não conseguiu superar a morte da esposa.
Na versão para a TV, a história apresenta Martin Riggs (Clayne Crawford, de Rectify), um policial texano e ex-fuzileiro que, após a morte da esposa e do bebê, se muda para Los Angeles em busca de uma nova vida. Lá ele é designado a trabalhar com o detetive Roger Murtaugh (Damon Wayans, de Eu, a Patroa e as Crianças/My Wife and Kids), um homem que ainda se recupera de um pequeno ataque cardíaco, razão pela qual ele tenta evitar situações estressantes.
No elenco também estão Keesha Sharp (Are We There Yet?, American Crime Story), como Trish, a esposa dedicada de Roger, que não está nada animada em saber que o marido arranjou como colega de trabalho um sujeito meio maluco; Jordana Brewster (Dallas, Secrets & Lies US), como a Dra. Maureen Cahill, mais conhecida como Mo, terapeuta especialista em negociações em situações com reféns. Entre suas funções também está a de auxiliar policiais a superarem traumas; Kevin Rahm (Mad Men), como o Capitão Avery, um policial recém promovido que está mais interessado em política; Chandler Kinney, como Riana, filha adolescente de Roger Murtaugh; e Jonathan Fernandez, como Scorsese, o patologista do departamento de polícia.
Keesha substituiu Golden Brooks (Blunt Talk, Girlfriends, Hart of Dixie), originalmente contratada para interpretar Trish.
A produção é da Warner Brothers Television em parceria com a Lin Pictures e Good Session Productions.

Kylie Bunbury e 'Pitch' (Foto: Ray Mickshaw / FOX)
Kylie Bunbury e ‘Pitch’ (Foto: Ray Mickshaw/Fox)
Pitch é um drama de Dan Fogelman (Grandfathered),Rick Singer (Younger), responsáveis pelo roteiro, Tony Bill e Helen Bartlett.
Ainda não está claro, mas é possível que a série tenha sido inspirada nas vidas de Mo’Ne Davis, uma lançadora de 14 anos que se tornou a primeira menina afro-americana a integrar uma equipe de baseball vencedora de um jogo da Little League World Series; e da francesa Melissa Mayeux, que em 2015 se tornou a primeira mulher capaz de ser contratada por qualquer grande equipe internacional de baseball.
A história da série acompanha a vida de Ginny (Kylie Bunbury, de Tut, Under The Dome) que faz carreira como jogadora de baseball, tornando-se a primeira mulher a ser contratada por uma grande liga.
No elenco também estão Mark-Paul Gosselaar (Franklin & Bash), como Mike Lawson, jogador de baseball conquistador que se vê atraído por Ginny, mas ainda não sabe como lidar com este sentimento;Ali Larter (Legends, Heroes), como Amelia Slater, profissional que cuida da imagem pública de Ginny;Mo McRae (Sons of Anarchy, Murder in the First), como Blip, jogador de baseball e amigo de Ginny;Meagan Holder (Born Again Virgin, Ringer) como Evelyne, esposa de Blip; Tim Jo (The Neighbors, Glory Daze) como Eliot, responsável por cuidar das atividades de Ginny nas redes sociais; Mark Consuelos(Alpha House, Kingdom), como Oscar, ex-jogador de baseball que agora é presidente do clube no qual Ginny atua; Bob Balaban (Show Me a Hero, Web Therapy), como Frank Reid, proprietário do time de baseball que decide contratar Ginny, apesar do risco que corre; Dan Lauria (Anos Incríveis), como Al Sciutto, o responsável pelo time.
Larter substitiuiu Elisabeth Shue (CSI), originalmente contratada para interpretar Amelia.
A produção é da 20th Century Fox TV.

Justin Kirk e Caitlin Stacey e 'APB' (Foto: Chuck Hodes/Fox)
Justin Kirk e Caitlin Stacey e ‘APB’ (Foto: Chuck Hodes/Fox)
A.P.B. é uma série de David Slack (Person Of Interest) e Len Wiseman (Sleepy Hollow, Lucifer). A história foi inspirada na matéria Who Runs the Streets of New Orleans, de David Amsden, publicada pelo The New York Times em 2015.
Quando a mulher por quem era apaixonado é assassinada, Gideon Reed (Justin Kirk, de Weeds), um bilionário que fez sua fortuna no ramo das novas tecnologias, decide adquirir uma delegacia de polícia cheia de problemas. Assim, ele utiliza uma nova abordagem para tentar colocar os policiais na linha.
Na delegacia trabalham o Sargento Tom Murphy (Eric Winter, de The Mentalist, The Witches of East End), um sujeito durão mas com um grande coração. Tom é casado com a detetive da homicídios Amelia Murphy (Natalie Martinez, de Kingdom, Under the Dome), com quem tem dois filhos.
Bastidores de 'A.P.B.' (Foto via Instagram de Natalie Martinez)
Bastidores de ‘A.P.B.’ (Foto via Instagram de Natalie Martinez)
Amelia é uma mulher de humor irônico que veio de uma família de policiais. Sempre questionando as ordens de seus superiores, ela foi relegada à 13ª Delegacia de Polícia onde não consegue se relacionar com os colegas.
No elenco também estão Caitlin Stasey (Reign, Please Like Me), como Ada Hamilton, mulher inteligente, cínica e durona, que é contratada pelo bilionário para liderar a equipe que controla as novas tecnologias;Taylor Handley (Vegas, Southland, The O.C.), como Roderick Brandt, um ex-fuzileiro que, atuando como policial, tem dificuldades de separar os horrores que enfrentou na guerra com os crimes que corriqueiramente ocorrem nas ruas de Nova Iorque; Ernie Hudson, como Ed Conrad, um policial veterano; e Tamberla Perry, como Tasha Goss, outra policial da delegacia.
A produção é da 20th Century Fox.

(E-D) Adam Pally e Yassir Lester em 'Making History' (Foto: Qantrell Colbert/Fox)
(E-D) Adam Pally e Yassir Lester em ‘Making History’ (Foto: Qantrell Colbert/Fox)
Making History é uma comédia criada por Julius Sharpe (The Grinder), Phil Lord, Chris Miller e Seth Cohen (The Last Man on Earth). A série chegou a ser divulgada com o título de In Time, quando ainda estava na fase de desenvolvimento de projeto.
Na linha do filme Peggy Sue, seu Passado a Espera e da série canadense Being Erica, a história apresenta amigos que viajam pelo tempo. Retornando ao passado na tentativa de corrigir seus erros, eles acabam complicando suas respectivas vidas no presente. Para piorar, ao reviver momentos marcantes da sociedade, eles também provocam confusão com a cultura popular e a história.
Dan (Adam Pally, de Happy Endings, The Mindy Project) é um nerd e professor de computação que não consegue manter uma boa relação, seja com os colegas de trabalho ou com seus alunos. Extremamente inteligente, ele descobre uma forma de viajar no tempo na esperança de recomeçar sua vida com uma nova postura. Ao seu lado está Chris (Yassir Lester, de The Carmichael Show, Girls), um professor de história que é adorado pelos alunos e colegas graças à sua capacidade de lembrar de eventos históricos, os quais ele utiliza para inspirar as pessoas.
Em suas viagens no tempo, os dois se unem à Deborah (Leighton Meester, de Gossip Girl), que vive no ano de 1775. Embora tenha crescido em uma sociedade na qual a mulher não tinha grandes oportunidades, ela demonstra ter opiniões modernas sobre igualdade social.
A produção é da 20th Century Fox.
Cena de 'The Mick', com Kaitlin Olson (D) (Foto: Fox)
Cena de ‘The Mick’, com Kaitlin Olson (D) (Foto: Fox)
The Mick, comédia criada por John Chernin, Dave Chernin, Randall Einhorn, Oly Obst e Nicholas Frenkel.
Na história, Mackenzie, mais conhecida como Mickey (Kaitlin Olson, de It’s Always Sunny in Philadelphia), é uma mulher desbocada que se muda para uma comunidade de alta classe para criar os filhos mimados de sua irmão Christopher (Laird Macintosh), que precisou fugir do país com a esposa para evitar um processo federal.
No elenco também estão Sofia Black D’Elia (Skins, The Messenger, Gossip Girl), como Sabrina, ThomasBarbusca (Wet Hot American Summer: First Day in the Camp), como Chip, e Jack Stanton, como Ben, os sobrinhos de Mickey;  Carla Jimenez (Raising Hope, Last Man Standing), como Alba, a empregada de Mickey; e Susan Park (Fargo, Vice Principals) como Liz.
A produção é da 20th Century Fox TV e 3 Arts Entertainment.

Fox aprova a produção de ’24: Legacy’ e ‘Star’

A primeira terá doze episódios e a segunda ganhou a encomenda de treze

O canal Fox anunciou a encomenda da primeira temporada de duas novas séries.
A primeira é a spinoff de 24 Horas, que recebeu o título de 24: Legacy. Criada por Manny Coto, Evan Katz, que cuidam do roteiro, Howard Gordon, Brian Grazer e Stephen Hopkins, a série ganhou a encomenda de doze episódios iniciais.
A historia acompanha as aventuras de Eric Carter (Corey Hawkins, visto em The Walking Dead), um jovem militar que, ao retornar para os EUA, se envolve em um problema de segurança nacional. Isto o leva a pedir ajuda aos agentes da CTU para salvar sua esposa Nicole (Anna Diop, deThe Messengers, Quantico, Greenleaf) e impedir o que pode ser um dos maiores ataques terroristas em solo americano.
Enquanto isso, Rebecca Ingram (Miranda OttoRake US, Homeland) é uma ex-agente que atuou como diretora da CTU. Agora casada com o Senador John Donovan (Jimmy Smits, de L.A. Law, NYPD Blue, Sons of Anarchy), ela começa a se questionar se tomou a decisão certa de deixar a agência. Em seu lugar entrou Keith Mullins (Teddy Sears, de Masters of Sex, The Flash), que era o segundo em comando de Rebecca.
No elenco também estão Sheila Vand (State Of Affairs) como Nilaa, diretora de campanha do Senador Donovan; Dan Bucatinsky (Scandal), como Andy, analista de comunicações da CTU que conseguiu ganhar a confiança de Rebecca; Coral Pena (Blue Bloods), como Gia, analista de sistemas autodidata; e Charlie Hofheimer (Mad Men), como Marcus, ex-colega de Eric no exército que sofre de estresse pós-traumático.
A série utilizará a narrativa em tempo real, tal qual a produção da qual se originou. O ator Kiefer Sutherland, que interpretou o agente Jack Bauer em 24 Horas, não tem planos de aparecer na spinoff, mas atuará como um de seus produtores.
A produção é da 20th Century Fox TV, Imagine TV e Teakwood Lane.
Jude Demorest (Foto: Paul Archuleta/FilmMagic)
Jude Demorest (Foto: Paul Archuleta/FilmMagic)
A outra série aprovada pelo canal para a Temporada 2016-2017 é Star, criada por Lee Daniels (Empire), Tom Donaghy (The Whole Truth), responsáveis pelo roteiro, Pamela Oas Williams (Malibu Country) e Effie Brown. Foram encomendados treze episódios para a primeira temporada.
Na linha de Empire, a história, situada em Atlanta, gira em torno de três mulheres que se unem para formar uma banda.
Star (Jude Demorest, de Dallas) é uma jovem de dezoito anos que passou a infância em lares adotivos após a morte de sua mãe. Decidida a se tornar uma estrela, ela se une à Alexandra (Ryan Destiny, de Low Winter Sun), uma afro-americana que cresceu em uma família privilegiada em Nova Iorque. Tentando compor sua música e construir sua própria carreira, ela se afasta da família.
Enquanto isso, Simone (Brittany O’Grady, de The Messengers) sonha com o dia em que sua meia-irmã Star a resgatará do lar adotivo no qual vive nos últimos cinco anos sob os cuidados de um pai abusivo (Nicholas Gonzalez, de Melrose Place, Off the Map).
O talento do grupo é logo reconhecido por Jahil (Benjamin Bratt, de Lei & Ordem, Private Practice), um agente em busca de redenção, que acredita que Star seja sua chance de volta ao topo. Jahil é o ex-agente e ex-paixão de Carlotta (Queen Latifah, de Living Single), uma ex-cantora que agora é a proprietária de um salão de beleza. Tentando ajudar as meninas, ela se torna uma espécie de mãe postiça do grupo, embora tenha reservas sobre os rumos de sua carreira.
A produção é da 20th Century Fox Television.

4-NBC:

NBC aprova a produção de spinoff de ‘The Blacklist’

Série recebeu o título de 'The Blacklist: Redemption'


A rede NBC ainda não terminou de definir sua nova programação. Após o cancelamento de cinco sériese a encomenda de onze novas produções, a NBC aprova a spinoff de The Blacklist.
Criada por Jon Bokenkamp e John Eisendrath, a série The Blacklist: Redemption teve seu episódio piloto exibido dentro da produção da qual se originou.
Na história, o agente Tom Keen (Ryan Eggold) une forças com Susan Hargrave, mais conhecida como Scottie (Famke Janssen, de Hemlock Grove), a líder da Grey Matters, uma organização privada secreta que soluciona crimes com os quais o governo não ousa se envolver.
Durante uma missão, Tom descobre que Scottie é, na verdade, sua mãe biológica, o que o leva a se interessar em descobrir mais sobre seu passado.
No elenco também estão Tawny Cypress (Unforgettable), como Nez Rowan; e Edi Gathegi como Matias Solomon.
A produção é da Davis Entertainment, John Eisendrath Productions e Flatwater Scribe em associação com Sony Pictures Television.

NBC aprova a produção de ‘Timeless’, ‘Midnight Texas’, ‘Great News’ e ‘Marlon’

Canal já tem onze séries para a Temporada 2016-2017

A rede NBC continua selecionando os projetos que ganharão a encomenda de sua primeira temporada.
Até o momento, já foram aprovadas a produção de Powerless, Trial and ErrorThis Is Us Chicago Justiceque tiveram pilotos encomendados para avaliação, além de TakenGood Place e Emerald Cityque já tinham sido anunciadas entre 2015 e início de 2016. Agora é a vez de Midnight Texas, Timeless, Great News e Marlon.
Midnight Texas é uma adaptação de Monica Owusu-Breen (Agents of S.H.I.E.L.D., Revolution, Fringe),David Janollari (A Sete Palmos) e Niels Arden Oplev (Unforgettable) da trilogia de Charlaine Harris(True Blood).
A obra inicia com o livro Midnight Crossroads, continua com Day Shift e encerra com Night Shift. A história é narrada por diferentes pontos de vista e estrelada por alguns personagens que fizeram parte de outras obras de Harris.
Na cidade de Midnight, no Texas, cada morador pode ser um vampiro, uma bruxa, um lobisomem ou mesmo um anjo. Manfred Bernardo (François Arnaud, de Blindspot, The Borgias) é um médium recém chegado na cidade. Buscando um lugar calmo para viver no anonimato, ele logo percebe que um clima estranho cerca a cidade. Embora todos os moradores sejam amigáveis e busquem auxiliar uns aos outros, cada um esconde um segredo.
O senhorio de Manfred é Bobo Winthrop (Dylan Bruce, de Orphan Black, Heroes Reborn), dono de uma loja de penhores em parceria com a misteriosa Olivia Charity (Arielle Kebbel, de Ballers). Também vivem na cidade a bruxa Fiji (Parisa Fitz-Henley, vista em Jessica Jones) e seu gato que trabalha em uma loja de mágicas; Creek (Sarah Ramos, de Parenthood), uma garçonete que também trabalha na loja de conveniência do posto de gasolina de propriedade de seus dois pais; e o Reverendo Emilio Sheehan (Yul Vazquez, de Magic City, Treme) responsável pela igreja e o cemitério.
Quando o corpo de um dos moradores aparece boiando no rio, a polícia começa a investigar o crime, interrogando uma longa lista de suspeitos.
A produção é da Universal Television e David Janollari Entertainment.
Paterson Joseph, Matt Lanter e Abigail Spencer em 'Timeless' (Foto: Joe Lederer/NBC)
Paterson Joseph, Matt Lanter e Abigail Spencer em ‘Timeless’ (Foto: Joe Lederer/NBC)
Timeless é uma série de Shawn Ryan (The Shield, Terriers, Mad Dogs US), Eric Kripke (Supernatural),John Fox (The Blacklist), John Davis (The Blacklist), Marney Hochman e Neil Marshall. Durante o período de desenvolvimento de projeto, a série chegou a sustentar o título de Time.
A trama acompanha as aventuras de Wyatt (Matt Lanter, de 90210, The Astronaut Wives Club), Lucy (Abigail Spencer, de Rectify, True Detective) e Rufus (Malcolm Barrett, de Better Off Ted), que viajam pelo tempo tentando evitar que Garcia Flynn (Goran Visnjic, de Plantão Médico, Extant, Crossing Lines), um homem com intenções criminosas, altere a história da humanidade com resultados catastróficos.
A máquina foi criada pela Lark Industries, que está sob o comando de Mason Lark (Paterson Joseph, deThe Leftovers), um empresário excêntrico que desenvolveu o projeto de viagem no tempo em segredo. Sabendo do perigo que seria deixar a máquina cair em mãos erradas, ele mantém o controle das missões, embora o governo tome parte nas decisões.
Contudo, isto não evitou que Garcia conseguisse roubar a máquina e viajar ao passado com seus soldados, chegando horas antes da explosão do dirigível Hindenburg. Tendo um diário adquirido em outra época como seu guia, Garcia consegue prever os acontecimentos.
No elenco estão Claudia Doumit (Scandal), como Jiya; Sakina Jaffrey (House of Cards, Mr. Robot) como a agente Denise Christopher, representante do governo nas missões.
A produção é da Sony Pictures Television, Davis Entertainment, Kripke Enterprises e MiddKid Productions.

'Great News'
‘Great News’
Great News é uma comédia criada por Tracey Wigfield, Tina Fey, Robert Carlock, todos de 30 Rock, eDavid Miner. Inspirada na vida de Wigfield, a série traz um enredo semelhante à sitcom Room For Two, produzida entre 1992 e 1993.
A história gira em torno da relação entre Carol (Andrea Martin) e sua filha Katie (Briga Heelan, deGround Floor, Undateable, Love), que se complica quando a mãe arranja um estágio no telejornal onde a filha trabalha. Bem intencionada, otimista e tagarela, Carol é uma mulher que um dia abriu mão de sua carreira para criar seus filhos.
No elenco também estão Kimrie Lewis-Davis (Scandal, Peeples), como Portia, a exigente co-apresentadora do telejornal que tem o hábito de sugerir pautas fúteis, as quais são geralmente aprovadas;Adam Campbell (Unbreakable Kimmy Schmidt, Mixology), como Greg, o produtor executivo do telejornal. Filho de um famoso âncora, Greg luta para realizar seu trabalho da melhor forma possível; John Michael Higgins (Happily Divorced) e Horatio Sanz.
A produção é da Universal Television, Little Stranger e 3 Arts Entertainment.

'Marlon'
‘Marlon’
Marlon é outra comédia encomendada pelo canal. Criada por Chris Moynihan (Man Up, 100 Questions),Marlon Wayans (The Wayans Brothers), Rick Alvarez e Michael Rotenberg (It’s Always Sunny in Philadelphia), a série é inspirada na vida de  Wayans.
A história gira em torno de um inadequado mas amoroso pai (Wayans) determinado a dividir a criação de seus filhos com a ex-esposa Angie (Essence Atkins, de Are We There Yet?), uma decoradora que tem um temperamento controlador, totalmente diferente do dele.
No elenco também estão Bresha Webb (Truth Be Told), como Yvette, melhor amiga de Angie e a pior inimiga de Marlon; Diallo Riddle (Sillicon Valley) como Kevin, que se apresenta como amigo e agente de Marlon, mas que na verdade é apenas o sujeito que dorme no sofá da casa dele e consome sua comida; Notlim Taylor e Amir O’Neil.
A produção é da Universal Television, 3 Arts Entertainment e Wayans Brothers Entertainment.

NBC aprova a produção de ‘This Is Us’ e ‘Chicago Justice’

Upfront do canal será realizado no dia 16 de maio

Mandy Moore e Milo Ventimiglia em 'This Is Us' (Foto: Ron Batzdorff/NBC)

Mandy Moore e Milo Ventimiglia em ‘This Is Us’ (Foto: Ron Batzdorff/NBC)
A rede NBC ainda está selecionando os projetos que ganharão a encomenda de sua primeira temporada. Após aprovar a produção de Powerless e de Trial and Error, é a vez de This Is Us e Chicago Justice.
This Is Us é uma dramédia de Dan Fogelman (Galavant), Jess Rosenthal e Charlie Gogolak.
A história acompanha a vida de diversos personagens, todos nascidos no mesmo dia. Entre eles, Rebecca (Mandy Moore, de Grey’s Anatomy, Red Band Society US), a esposa de Jack (Milo Ventimiglia, deHeroes, Chosen, The Whispers), de quem está grávida de trigêmeos; Kevin (Justin Hartley, de Smallville, Emily Owens M.D., Revenge, Mistresses US), um bem sucedido ator de televisão que começa a se cansar de sua vida de solteiro. Kevin é o irmão gêmeo de Kate (Chrissy Metz), uma mulher que luta contra o peso.
A trama também acompanha a vida de Randall (Sterling K. Brown, de Army Wives, Person of Interest, American Crime Story), um empresário e homem de família que vive em Nova Iorque ao lado de sua esposa Beth (Susan Kelechi Watson, de Happyish, Divorce) e suas duas filhas. Randall é filho de William (Ron Cephas Jones, de Mr. Robot), que o abandonou em um quartel do corpo de bombeiros logo que ele nasceu.
A produção é da 20th Century Fox Television.
(E-D) Philip Winchester,  Carl Weathers e Nazneen Contractor em 'Chicago Justice' (Foto: Matt Dinerstein/NBC)
(E-D) Philip Winchester, Carl Weathers e Nazneen Contractor em ‘Chicago Justice’ (Foto: Matt Dinerstein/NBC)
Já Chicago Justice é a terceira spinoff de Chicago Fire, série de Dick Wolf (Lei & Ordem) que acompanha a rotina de bombeiros. As outras duas são Chicago P.D. (que acompanha a vida de policiais) e Chicago Med (que acompanha a vida de médicos e enfermeiras). Os personagens de Chicago Justiceforam introduzidos em Chicago P.D.
A série, que chegou a ser divulgada com o título de Chicago Law, acompanha a vida e os trabalhos de uma equipe de promotores e investigadores.
No elenco estão Philip Winchester (Crusoe, Strike Back, The Player), como o promotor Peter Stone;Nazneen Contractor (Heroes: Reborn), como a assistente de promotor Dawn Harper; Carl Weathers (In The Heat of the Night, Colony), como o promotor público Mark Jefferies; Joelle Carter (Justified), como a investigadora Lori Nagle; e Ryan-James Hatanaka, como o investigador Daren Okada.
A produção é da Universal TV em parceria com a Wolf Films.
A NBC realizará seu Upfront, evento em que divulga sua nova programação, no dia 16 de maio.

NBC aprova a produção de ‘Powerless’ e ‘Trial and Error’

Séries são estrelada por Danny Pudi, Alan Tudyk e John Lightgow entre outros

Powerless3

Parte do elenco de ‘Powerless’ (Fotos: Chris Large/NBC)
Depois da Fox, é a vez da rede NBC começar a aprovar a produção de séries a partir de pilotos produzidos para avaliação. Em antecipação à apresentação de seu Upfront no dia 16 de maio, a NBC encomendou a produção das comédias Powerless e Trial and Error.
Vale lembrar que o canal já tinha encomendado as séries Good Place, com Kristen Bell (Veronica Mars, House of Lies) e Ted Danson (CSI, Cheers), Taken e Emerald City.
Powerless é uma série criada por Ben Queen (A To Z) e Michael Patrick Jann. Trata-se de uma adaptação de HQ da DC Comics.
Situada em um universo povoado por super-heróis e super vilões, a história acompanha a rotina de pessoas sem poderes que tentam sobreviver neste ambiente, trabalhando na pior empresa de seguros da América.
No escritório estão Emily Locke (Vanessa Hudgens), uma mulher que adora seu trabalho porque lhe permite ajudar pessoas; Teddy (Danny Pudi, de Community), o melhor amigo e confidente de Emily que adora criar pegadinhas que possam tornar o ambiente do escritório mais descontraído; Jackie (Christina Kirk, de Manhattan, A To Z), fã de super-heróis e assistente pessoal de Del (Alan Tudyk, de Firefly, Suburgatory), o chefe ditador do departamento de sinistros que foi recém promovido, não por seus méritos mas por ser filho do dono.
A produção é da Warner Brothers Television e DC Entertainment.
 John Lithgow em 'Tiral and Error' (Foto: Tyler Golden/NBC)
John Lithgow em ‘Tiral and Error’ (Fotos: Tyler Golden/NBC)
Já Trial and Error é uma série criada por Jeff Astrof (Friends, The New Adventures of Old Christine) eMatt Miller (Forever), que chegou a sustentar o título de The Trail quando seu projeto estava em desenvolvimento.
Narrando uma história contínua de forma documental, a série apresenta os trabalhos de Josh Simon (Nick D’Agosto, de Masters of Sex, Gotham), um advogado que, com sua equipe excêntrica, defende Larry Henderson (John Lithgow, de 3rd Rock From The Sun, Dexter), acusado de matar sua esposa em uma pequena cidade do sul.
Larry é um professor de poesia de uma faculdade comunitária. Tentando manter alguns segredos, ele acaba prejudicando sua defesa. Além dos advogados, ele também conta com o apoio de sua filha Summer (Krysta Rodriguez, de Smash, Chasing Life), uma jovem de espírito livre que volta à cidade para ajudar o pai.
Na equipe de Josh estão Dwayne (Steven Boyer), um investigador particular totalmente dedicado ao chefe; e Anne Flatch (Sherri Shepherd, de Rosewood, The Soul Man), assistente de Josh e recepcionista do escritório incapaz de reconhecer as pessoas pelo rosto.
Na equipe da promotoria está Carol Anne Keane (Jayma Mays, de Glee, Getting On US), a ambiciosa assistente do promotor que espera subir na carreira com este caso, razão pela qual ela não mede esforços para conseguir uma condenação.
A produção é da Warner Brothers TV, Barge Productions e Good Session Productions.
















Primeiras fotos de ‘Taken’, adaptação de ‘Busca Implacável’

Nova série da NBC ainda não tem uma data de estreia divulgada


Jennifer Beals e Clive em 'Taken'
Jennifer Beals e Clive em ‘Taken’
A rede NBC ainda não definiu a data de estreia de Taken, mas já começa a liberar seu material de divulgação. A série é uma adaptação de Alexander Cary (Homeland) do filmeBusca Implacável, de Luc Besson, lançado em 2008, o qual teve uma sequência em 2012 e outra em 2014. A versão para a TV é um prelúdio da história vista nos cinemas.
O filme apresentou a vida do agente Bryan Mills (Liam Neeson), um agente da CIA aposentado e divorciado, que tenta salvar a vida de sua filha Kim (Maggie Grace, deLost), sequestrada durante uma viagem à França.
Na série, o público acompanhará a vida de Bryan, agora interpretado por Clive Standen (Vikings, Camelot), um jovem agente do FBI. Ainda solteiro e sem filhos, Bryan atua na Emergency Covert Action Team, realizando diversas missões secretas de segurança nacional, nas quais desenvolve as habilidades apresentadas no filme.
Taken2Na equipe também atuam John (Gaius Charles, de Friday Night Lights, Aquarius), Vlasik (Monique Gabriela Curnen, de Elementary, The Following), Casey (James Landry Hebert, de Westworld), Sam (Michael Irby, de True Detective, Almost Human), Bernie (Jose Pablo Cantillo, deThe Walking Dead, Sons of Anarchy), Riley (Jennifer Marsala, vista em Aquarius, Lie to Me) e Faaron (Simu Liu, de Blood and Water).
O grupo está sob o comando de Christina Hart (Jennifer Beals, de The L Word, Proof), uma mulher culta e poderosa com uma longa experiência de campo.
A produção é da Europa Corp TV e Universal Television. O número de episódios encomendados ainda não foi divulgado.


5-The CW:

CW aprova a produção de ‘Riverdale’, ‘No Tomorrow’ e ‘Frequency’

'Containment' não terá segunda temporada

Riverdale

Antecipando seu Upfront, evento em que o canal apresentará sua nova programação, o CW aprova a produção de três séries: Riverdale, No Tomorrow (remake de série brasileira) e Frequency. Lembrando que o canal também terá em sua programação a série Supergirl (que migrou da CBS) e as novas temporadas de onze de suas produções já estabelecidas.
Por outro lado, o CW decidiu não encomendar uma segunda temporada de Containment, remake americano de série belga (que teve duas temporadas).
A postagem será atualizada quando as fotos das séries forem divulgadas.

Riverdale é uma adaptação de Greg Berlanti (Arrow, The Flash) e Roberto Aguirre-Sacasa da HQ A Turma do Archie, a qual já teve uma versão animada produzida na década de 1960. A série foi originalmente desenvolvido para o canal Fox em 2014.
A história, situada nos dias de hoje, apresenta a vida do adolescente Archie Andrews (o neozelandês KJ Apa) e seus amigos que frequentam a mesma escola em Riverdale, no interior dos EUA. Contrariando a vontade do pai e do treinador de futebol, Archie começa a compor músicas, as quais ele oferece à Josie (Ashleigh Murray), a vocalista da banda Josie e as Gatinhas. Mas, orgulhosa e ambiciosa, Josie não está interessada em gravar as canções de Archie.
O pai de Archie é Fred Andrews (Luke Perry, de Barrados no Baile), o proprietário de uma construtora, na qual o rapaz trabalha durante as férias de verão. O sonho de Fred é o de ver o filho assumindo seu lugar na empresa um dia.
Entre os amigos de Archie estão Verônica (Camila Mendes) e Betty Cooper (Lili Reinhart, de Surviving Jack), com quem ele vive um triângulo amoroso.
Betty é uma jovem amável e estudiosa que está sempre disposta a agradar a todos. Filha de Alice (Mädchen Amick, de Twin Peaks, The Wiches of East End), editora do jornal local, Betty é apaixonada por Archie, um de seus mais antigos amigos. Mas, cansada de ser a filha perfeita, ela começa a buscar conselhos com Veronica Lodge, sua nova amiga que recém voltou de Nova Iorque na companhia de sua mãe Hermione (Marisol Nichols, de Teen Wolf, Criminal Minds, NCIS). As duas passaram algum tempo fora para se afastar de um escândalo no qual o pai de Verônica se envolveu.
A escola de Riverdale também é frequentada por Reggie (Ross Butler), rival de Archie; por Moleza (Cole Sprouse), um galã com veia de filósofo que ainda sofre por ter perdido a amizade de Archie, com quem não fala há dois anos; por Cheryl Blossom (Madelaine Petsch), uma jovem rica e manipuladora que recém perdeu o irmão gêmeo em um acidente misterioso; por Kevin Keller (Casey Cott), um gay que, nos quadrinhos, se torna Senador; Dilton Doiley (Daniel Yang), um nerd e inventor, melhor amigo de Moose Mason (Cody Kearsley), um excelente atleta mas um péssimo estudante.
A série irá  explorar o surrealismo que é a vida no interior, apresentando o lado obscuro e estranho que existe por trás do verniz social.
A produção é da Warner Brothers TV em parceria com a Berlanti Productions.

No Tomorrow é uma adaptação de Corinne Brinkerhoff (The Good Wife, American Gothic) e Ben Silverman, ambos de Jane the Virgin, da minissérie brasileira Como Aproveitar o Fim do Mundo, deFernanda Young e Alexandre Machado, produzida em 2012 com um total de oito episódios.
Nesta comédia romântica, Evie (Tori Anderson), avessa a correr riscos, é uma mulher de conduta rígida que trabalha como gerente de compras de uma loja online. Ela se apaixona por Xavier (Joshua Sasse, de Galavant), um homem que aproveita a vida ao máximo por acreditar que o fim do mundo está próximo. Juntos, eles iniciam a missão de realizar todos os itens que estão em sua lista de ‘coisas a fazer antes que o mundo acabe’.
No elenco também está Amy Pietz (Tudo por um Gato/Caroline in the City, The Nine Lives of Chloe), como Deirdre, chefe de Evie; Sarayu Blue (The Real O’Neals), como Kareema, colega de trabalho de Evie; e Jesse Rath (Defiance), como Timoty, ex-namorado de Evie.
A produção é da Electus em parceria com a CBS Studios.

Frequency é um drama criado por Kevin Williamson (The Vampire Diaries, The Following), Lauren Wagner e David Nutter. Trata-se da versão televisiva do filme Alta Frequência, lançado nos cinemas em 2000. Este projeto foi originalmente desenvolvido para a rede NBC em 2014, com roteiro de Jeremy Carver (Supernatural).
A história acompanha a vida de Raimy (Peyton List, de Blood & Oil, Mad Men, The Tomorrow People), uma detetive da polícia que, em 2016, utiliza o rádio para conversar com seu pai, Frank Sullivan (Riley Smith, de Nashville, True Detective), um detetive morto em 1996. Com isso, eles conseguem estabelecer um novo relacionamento, com o qual trabalham juntos na solução de um caso. Mas este contato começa a prejudicar o tempo presente.
Em 1996, Frank está há dois anos infiltrado no mundo do crime, razão pela qual seu casamento chega ao fim, o que o leva a se separar de sua filhinha.
No elenco também estão Mekhi Phifer, como o Tenente Satch DeLeon, velho amigo do pai de Raimy, de quem se torna um mentor após a morte de Frank; Lenny Jacobson (Nurse Jackie, Bit Time in Hollywood Fl), como Gordo, vizinho e amigo de Raimy; Anthony Ruivivar (Banshee), como o detetive Stan Hope;Devin Kelley (Resurrection), como Julie, mãe de Raimy.
A produção é da Warner Brothers TV e Outerbanks Entertainment.


Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!










Nenhum comentário:

Postar um comentário